fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Pai de santo do DF é suspeito de abusar de mulheres por quatro anos

Suspeito dizia às vítimas que, caso elas tivessem relações sexuais com ele, teriam prosperidade e se livrariam de maldições

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Investigado desde outubro do ano passado, um pai de santo de 31 anos foi preso na terça-feira (14). Segundo apurações da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), o suspeito vinha abusando de três mulheres e uma adolescente no DF há pelo menos quatro anos.

O suspeito dizia às vítimas que, caso elas tivessem relações sexuais com ele, teriam prosperidade e se livrariam de maldições. Uma quinta mulher chegou a receber investidas, mas estranhou a ação e recusou.

Além dos abusos, o homem amedrontava as vítimas de alguma forma. Segundo a delegada-chefe da Deam, Sandra Melo, as mulheres tinham muito medo de denunciar os crimes.

O pai de santo atendia em um terreiro em Águas Lindas de Goiás-GO. Os abusos, no entanto, aconteciam em Ceilândia, na casa do criminoso. Ele dizia que, na residência, havia imagens religiosas no local que as mulheres precisavam ter contato. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A adolescente de 14 anos conta que chegou a engravidar do pai de santo. Quando soube da gravidez, o suspeito deu remédios abortivos à vítima, que perdeu o bebê. A jovem passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) que constataram que ela esteve grávida recentemente.

Como a delegada afirmou anteriormente, as vítimas têm medo de denunciar os casos. Por isso, é possível que mais pessoas denunciem o pai de santo.

O homem foi preso e está na na Divisão de Controle e Custódia de Presos (DCCP), onde seguirá por tempo indeterminado. Ele foi autuado por violação sexual mediante fraude e aborto provocado por terceiro sem consentimento da gestante. Somadas, as penas podem passar de 20 anos.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade