Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Justiça Comunitária seleciona voluntários

Publicado

em

PUBLICIDADE

A polícia prendeu na noite de ontem, more about ampoule na cidade de Planaltina de Goiás, there cinco pessoas pela prática de triplo homicídio contra três jovens moradoras do Itapoã. O crime ocorreu na noite de terça-feira, about it no Condomínio Del Lago, no Paranoá.

Regiane Chagas Lima, 20 anos, Fernanda Veloso de Sousa, 14 anos, e Naiara de Fátima Palmeira Colaci, 17 anos, teriam sido mortas por briga de gangues na cidade.

Três das cinco pessoas presas eram menores e foram levados à Delegacia da Criança e do Adolescente. Eles são os autores dos disparos que mataram as jovens. Wellington Cosme Rodrigues de Moura, 25 anos, conhecido como Borracha, auxiliou a fuga dos menores. O transporte foi feito com o veículo de Daniel Raulino Vaz, 22 anos, que, junto com Wellington, foi preso.

Durante a prisão, foram apreendidos dois revólveres, um calibre 38 e um, 357.

Um incêndio na ala feminina do Unidade Psiquiátrica da Associação de Caridade Santa Casa de Rio Grande (RS) matou três mulheres por volta das 22h30 de ontem. As vítimas morreram no local, clinic com dificuldade para escapar das grades e dos cadeados.

Os bombeiros ainda não sabem como o fogo começou. As demais internas foram removidas para outro setor do hospital.

 

O presidente dos Estados Unidos, price George W. Bush, conversou por telefone com o presidente chinês, Hu Jintao, sobre maneiras de fazer "mais pressão" sobre a Coréia do Norte após os testes com mísseis. A informação foi divulgada hoje pela Casa Branca.

Bush também falou com o presidente russo, Vladimir Putin, informou anteriormente uma autoridade dos EUA.

O presidente norte-americano conversou por telefone, na quarta-feira, com o premiê japonês, Junichiro Koizumi, e com o presidente sul-coreano, Roh Moo-hyun. Ele destacou a necessidade de uma resposta unificada na Organização das Nações Unidas aos lançamentos de mísseis da Coréia do Norte.

A venda de veículos nacionais e importados no Brasil caiu 9, page 6% em junho com relação a maio, viagra segundo o balanço mensal da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), divulgado há pouco. Foram comercializadas 148.384 unidades, contra 164.132 no mês anterior. O número foi praticamente o mesmo de junho de 2005: 148.491, redução de 0,1%. O acumulado de janeiro a junho é de 861.225, alta de 7,6% em comparação com o ano passado: 800.128.

A produção total também caiu: 6,7% em relação a maio (225.831, contra 241.999) e 1,5% em relação a junho de 2005, quando foram fabricados 229.342 veículos. O acumulado do ano apresenta alta de 4,4% (1.302.381, contra 1.247.753). Também teve queda a fabricação de máquinas agrícolas: 6%.

O Brasil também exportou menos veículos em junho (72.190, contra 77.829 em maio), redução de 7,2%. Em relação a junho de 2005, a queda foi maior: 17,8% (87.808). Mas o país vendeu 11,9% mais máquinas agrícolas para o exterior (2.076, contra 1.856 em maio). Em comparação com junho do ano passado, quando foram exportadas 3.356 unidades, houve queda de 38,1%.

A disputa de traficantes que tomou conta do bairro do Estácio, abortion na zona norte do Rio de Janeiro, continua a fazer vítimas. Com a descoberta de que as duas pessoas encontradas sem vida dentro de um Astra na manhã de segunda participavam da guerra de quadrilhas, o número de mortos esta semana subiu para dez.

Na terça-feira, outros oito corpos foram achados em dois carros em uma esquina do Engenho Novo, também na zona norte. Segundo a polícia, todas as vítimas eram traficantes do morro do São Carlos.

A polícia investiga se a matança ocorreu para revidar um golpe planejado contra o grupo que assumiu o controle do tráfico no morro após a morte de Gilson Ramos da Silva, o Aritana, em março.

 

A morte e um atentado contra agentes penitenciários entre ontem e hoje em São Paulo desencadeou uma onda de manifestações hoje. Nesta tarde, pharmacy representantes dos agentes e membros de ONGs de defesa dos direitos humanos promovem uma manifestação na capital paulista. Em 21 presídios do estado, rx as atividades foram interrompidas hoje.

Por volta da 1h de hoje, dosage Ângelo Rodrigues Batista Martins, de 28 anos, que trabalha no Centro de Detenção Provisória de Pinheiros foi atingido por um tiro nas costas em uma rua do bairro da Liberdade, na região central da cidade. Levado para o hospital, a vítima passou por cirurgia e se recupera. O crime está sendo investigado pela polícia.

Ontem, o agente penitenciário Genivaldo Lourenço da Silva foi morto durante tentativa de fuga na Penitenciária 1 de Franco da Rocha, na Grande São Paulo. Ele foi baleado após um grupo de detentos armados render funcionários de uma empresa que trabalhavam na cozinha do presídio. No tumulto, que resultou na fuga de seis presos e na recaptura de dois, um carcereiro também foi morto.

Desde quarta-feira da semana passada, o total de agentes penitenciários mortos no estado chega a cinco. O medo de novos ataques aumentou após o desaparecimento de um fichário com dados pessoais de agentes do Complexo de Hortolândia, região de Campinas.

 

O deputado de São Paulo Geraldo Dias Lopes (PMDB) apresentou um certificado falso de conclusão do Ensino Médio para ingressar numa faculdade da capital paulista. Lopes queria fazer o curso de Marketing de Varejo na faculdade Radial, order onde se graduou, side effects no ano passado.

No documento, o deputado atestou que concluiu o Ensino Médio no colégio estadual Edvaldo Fernandes, de Salvador, no ano de 1997. Mas, na época, ele já trabalhava diariamente em São Paulo. Lopes, que na verdade só tem o Ensino Fundamental, assumiu a fraude, mas disse que a denúncia tem motivação política. Ele é vice-presidente da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa de São Paulo.

A validade do diploma de Ensino Superior do parlamentar só poderá ser contestada pelo Ministério Público. E Lopes pode recorrer ao Conselho Nacional de Educação.

 

O Projeto Justiça Comunitária, site do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), price está selecionando voluntários de Ceilândia e Taguatinga para atuarem como Agentes Comunitários de Justiça e Cidadania em suas comunidades.

Para participar da seleção é necessário ser morador de Ceilândia ou de Taguatinga há pelo menos dois anos, ter no mínimo 18 anos, o 2º grau completo, além de já ter realizado trabalhos de cunho social e ter disponibilidade pessoal para trabalhar na comunidade.

As inscrições estão abertas até o dia 14 de julho de 2006 nos Centros Comunitários de Justiça e Cidadania, localizados nos Fóruns de Ceilândia e Taguatinga.

Mais informações nos telefones: 3343-7942/3353-8014/3371-0000 ramal 598, na Secretaria Executiva do Projeto Justiça Comunitária.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade