Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Inquilino suspeito de matar dona de imóvel é preso em Ceilândia

Publicado

em

O inquilino suspeito de matar a dona do imóvel em que ele morava foi preso nesta quinta-feira (5), em Ceilândia. De acordo com a Polícia Militar, Valdivino Ambrósio de Alcântara, de 41 anos, se entregou. Chorando, ele disse aos policiais estar arrependido. Nesta tarde, ele presta depoimento na 19ª Delegacia de Polícia, que investiga o caso.

Leia mais: Cobrança por atraso de aluguel pode ter motivado morte de mulher em Ceilândia

Maria Adeles Nunes Pereira, de 45 anos, foi esfaqueada diversas vezes após cobrar o pagamento do aluguel, que estava atrasado há cinco meses. A vítima chegou a gritar por socorro, mas já foi encontrada sem vida.

Testemunhas relataram que Valdivino Ambrosio de Alcântara, que morava em uma casa nos fundos do terreno da mulher, começou a agredí-la na cozinha e a arrastou até a sala. As manchas de sangue no tapete indicam o local em que a mulher sofreu os golpes, especialmente na barriga. Durante a luta corporal, o homem chegou a arrancar tufos de cabelo da vítima, que estava sozinha em casa naquele momento.

A principal suspeita de motivação é o acúmulo de dúvidas. Vivendo há nove meses ali, Valdivino não arcava com pagamentos de aluguel, água e energia elétrica há cinco meses. Depois dos golpes, o suspeito fugiu deixando a arma do crime na casa. Ele chegou a trancar o cadeado do portão após deixar a residência. “Saiu como se nada tivesse acontecido, cumprimentando as pessoas na rua”, contou ao Jornal de Brasília um vizinho que ajudou a socorrer a mulher.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade