fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Homem é preso no Guará suspeito de agredir, ameaçar e trancar companheira no banheiro

Vítima relatou que, há duas semanas, estava grávida, mas sofreu um aborto após ter sido agredida pelo mesmo autor

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação/Polícia Militar
PUBLICIDADE

Os policiais militares do Grupo Tático Operacional do 4º Batalhão (Gtop 24) prenderam um homem suspeito de agredir a própria companheira, ameaçá-la com uma faca e trancá-la no banheiro. O caso ocorreu no Guará I, na noite dessa segunda-feira (23).

Por meio do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), a corporação recebeu uma denúncia de violência doméstica que estaria ocorrendo em um edifício, localizado no lote 36 da QI 18 do Guará.

Na sequência, a equipe foi ao local e abordou o casal nas escadas entre o primeiro e o segundo andar do prédio. A mulher contou aos policiais que havia sido enforcada e agredida com socos no rosto.

No caminho para a Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (DEAM), a vítima denunciou outra agressão. Ela relatou que, há duas semanas, estava grávida, mas sofreu um aborto após ter sido agredida com chutes na barriga pelo mesmo autor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A mulher explicou ainda que na época  não denunciou o homem por medo. O suspeito foi preso e autuado na Lei Maria Da Penha.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade