fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Eleições no Entorno: em Águas Lindas, militares disputam prefeitura

Lucas do Santa Mônica (PODE) é o favorito em Águas Lindas, a cidade mais populosa da região

Olavo David Neto

Publicado

em

PUBLICIDADE

A onda militar das eleições de 2018 promete se repetir em Águas Lindas, cidade goiana do Entorno do DF. Metade dos seis dos candidatos à chefia do Executivo municipal vieram de setores militarizados. Dentre os “civis”, a candidatura do líder nas pesquisas Marco Túlio (DEM) foi cassada pelas autoridades eleitorais. Agora, o dr. Lucas do Santa Mônica (PODE) é o favorito em Águas Lindas, a cidade mais populosa da região.

A relação entre o município goiano e Brasília é quase umbilical. Conforme com a mais recente Pesquisa Metropolitana por Amostra de Domicílio (Pmad), divulgada em 2019 pela Companhia de Planejamento (Codeplan), o DF empregava 44 mil aguaslindenses, sendo 18 mil deles apenas no Plano Piloto. Quando o assunto é saúde, eram 67 mil pessoas que buscavam o sistema do Distrito Federal, com quase 53 mil apenas nas instalações de Ceilândia, Taguatinga e Brazlândia.
Prefeito isento

Fora do pleito, pois termina em 31 de dezembro seu segundo mandato, o prefeito Hildo do Candango (PTB) se absteve de endossar quaisquer das candidaturas, a pretexto de não intervir na própria sucessão. A última pesquisa registrada no TRE é de agosto, e apontava Marco Túlio (DEM) na liderança com 26% das intenções de voto, seguido pelo médico Lucas Antonietti, ou dr. Lucas da Santa Mônica (Podemos), com 20%.

O levantamento foi realizado pelo Real Time Big Data com 800 eleitores nos dias 5 e 6 daquele mês e tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. A dupla polarizaria as eleições não fosse a Justiça Eleitoral. Marco Tullio Pinto da Silva teve o diploma de segundo suplente de deputado estadual cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado por captação e gasto ilícito de recursos financeiros. Em 20 de outubro, a decisão foi confirmada por Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Herdeiro político

Agora, cabe recurso apenas ao Supremo Tribunal Federal (STF). Silva está inelegível por oito anos, mas não fora da eleição na cidade natal. Na terça-feira (28), o democrata apontou como herdeiro político o técnico de informática Wilson Carvalho, da mesma sigla. Carvalho tem apenas 21 anos, e concorre ao primeiro cargo política da vida neste ano, sob alcunha de “Wilson do Tullio”. Cotado antes da oficialização, Eurípedes Apoema Godói, ou apenas sargento Godói (DEM), segue como candidato a vice-prefeito.

O policial militar da reserva Raimundo Nonato de Castro, ou subtenente Castro (PRTB) é outro das forças militares a compor o quadro de concorrentes à Prefeitura de Águas Lindas. Pelo Patriota, o tenente da reserva do Corpo de Bombeiros Militar do DF Altamiro Rajão figura entre os concorrentes. Além de militar, o agora político é proprietário da chácara que recebeu acampamento do grupo “300 do Brasil”, acusado de organizar manifestações antidemocráticas. O candidato afirmou que não sabia que o terreno era utilizado para treinamento paramilitar, e, quando o soube, expulsou parte do grupo do imóvel.

Votos pulverizados

Pelas regras eleitorais, Águas Lindas terá segundo turno, caso necessário, pois conta com cerca de 217 mil habitantes, de acordo com estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Neste cenário, é difícil fazer previsões, já que as candidaturas, à exceção da candidatura de Lucas Antonietti, que tem como vice Jorge Amaro, do Republicanos, são “puro sangue”. Isto é, titular e vice são dos quadros da mesma agremiação partidária.

É o caso do PSL, que lança o corretor de imóveis e apresentador de rádio Hamilton Borges ladeado por Zoraia; do PSOL, que, apesar de pregar o mandato coletivo entre cinco mulheres, apresentou como cabeça de chapa Sergiana Pereira, com Kenya Borges como vice; o eventual substituto de Rajão é Adriano Aço Forte, empresário também filiado ao Patriota; Castro, do PRTB, tem como companheira de campanha a correligionária Meire Cruvinel, além da já citada candidatura do Democratas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saiba Mais

Águas Lindas de Goiás é o quinto município mais populoso do estado, além de ser o mais populoso do leste goiano e da região do entorno do Distrito Federal.

A área total é de 191,198 quilômetros quadrados, e sua população é quase inteiramente urbana. Faz parte da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno.

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Águas Lindas de Goiás, de 0,686, é considerado médio pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade