fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Dono da Havan inaugura loja no DF com colete à prova de balas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Raphaella Sconetto
[email protected]

Luciano Hang, dono da rede Havan, foi a atração da inauguração da primeira unidade da loja de departamento em Brasília, na manhã deste sábado (3). As portas se abriram para o público às 10h, mas antes disso Hang fez um discurso motivacional para os 150 novos funcionários. Na hora de abrir a porta, porém, ele decidiu colocar um colete à prova de balas sob uma blusa de frio. O evento provocou congestionamento na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) e a Polícia Militar foi acionada para acompanhar a movimentação.

Alguns clientes chegaram vestidos com camisas do presidente da República eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Durante a entrada, gritavam “mito” e “Bolsonaro”, enquanto os funcionários fizeram um cordão e cantavam um grito de guerra: “Força, garra, determinação, excelência no atendimento, essa é a nossa missão”. O evento ficou marcado pelo ato pró-Bolsonaro.

Minutos depois da abertura, Hang escolheu um canto da loja para tirar foto com admiradores. Ele ficou conhecido nacionalmente por declarar apoio a Bolsonaro. O casal Norivaldo de Jesus, 57 anos, e Zilmar Menda de Jesus, militar e autônoma, respectivamente, esteve presente na inauguração. Eles admitem que aproveitaram o momento para prestigiar a presença de Luciano. “Ficamos sabendo nas redes sociais. Luciano é apoiador do Bolsonaro, então viemos porque somos ativistas do anti-comunismo”, afirmou Norivaldo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em seguida, o casal pretendia fazer compras na loja. “Somos clientes da Havan e vamos consumir. Pretendemos dar apoio à quem dá apoio ao nosso presidente”, completou o militar.

Discurso motivacional

A verdade é que Hang sabe cativar o público. Em seu discurso para os novos funcionários, houve até aqueles que se emocionaram com as palavras do patrão. A todo momento, Luciano Hang frisava que aquele seria o melhor emprego que os colaboradores poderiam encontrar. “Vejo aqui pessoas felizes da vida porque encontraram o melhor emprego da sua vida”, disse.

Em outro momento, ele chamou funcionários antigos, que já passaram por outras unidades, para contarem brevemente a carreira que construíram na companhia. Um deles lembrou que começou como caixa e, agora, é líder. “Minha maior alegria é poder abrir lojas e lojas, e semear a semente da esperança, de fazermos um Brasil através do esforço de cada brasileiro”, comentou, ao falar do desemprego. “Gratidão por fazer essa loja linda e maravilhosa. Por isso, do fundo do meu coração, obrigada a cada um de vocês”, acrescentou.

Sem estátua

A Estátua da Liberdade, réplica do monumento de Nova York e tradicional na rede, ficou de fora da festa. A loja não conseguiu autorização da Administração Regional do SIA e do Iphan para fixar a estrutura, por ferir o tombamento de Brasília. Durante o discurso aos funcionários, Luciano Hang disse que só dependia de uma autorização para poder exibir a estátua na frente da loja. “A liberdade é um dos sentimentos mais importantes da vida de cada um de nós. Vamos levantá-la”, enfatizou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Loja foi inaugurada sem estátua característica da rede. Raphaella Sconetto/Jornal de Brasília

Havan em Brasília

A unidade de seis mil metros quadrados fica anexa ao Makro, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), às margens da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) Sul. A 117ª unidade da rede passará a oferecer aos moradores e visitantes de Brasília um mix com mais de 100 mil itens nacionais e importados em diversos setores, como: cama/mesa/banho, eletro, eletrônicos, bazar, presentes, moda (feminina, masculina, infantil, fitness e praia), decoração e outros. A loja funcionará de segunda a sábado, domingos e feriados das 9h às 22h.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade