Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Dengue no DF: subsecretaria fora da área de serviço

Enquanto os números de casos de Dengue crecem no DF, Subsecretária vai para Argentina e deixa Secretário de Saúde na mão

Lindauro Gomes
[email protected]

Nesta sexta-feira (25) o Governo do Distrito Federal deu andamento a um trabalho intenso de prevenção e combate ao Aedes aegypti, mas as 16 mortes causadas pela epidemia de Dengue que assola o DF levou o diretor de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, Petrônio da Silva, deixar a pasta.

Ao que tudo indica, a Secretaria de Saúde padece de uma outra doença, a falta de comprometimento de alguns de seus quadros. Para se ter uma ideia, nesta sexta (25) o Secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, envolto à crise da Dengue em Brasília tentava de todas as formas entrar em contato com a Subsecretária de Vigilância à Saúde, Elaine Faria Morelo, para tratar do assunto. Para a surpresa do Secretário, o telefone da Subsecretaria se encontrava fora da área de serviço da operadora.

Na verdade, o que o secretário não sabia é que, enquanto milhares padecem de Dengue na capital federal, Elaine estava na Argentina em uma viagem pessoal.

Há quem diga, que diante dos fatos, Elaine deixará o cargo que ocupa logo no início da semana.

Para piorar o cenário, o Tribunal de Contas do DF (TCDF) pediu explicações à Secretaria de Saúde (SES) sobre as medidas que tem tomado para combater o surto de dengue que se alastra pelo DF.

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA