fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Com seca, incêndios florestais preocupam CBMDF

Nesta segunda-feira (8) um incêndio de grandes proporções atinge o Parque Nacional, no portão 9, próximo ao Poço Azul

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Aline Rocha
[email protected]

Com a chegada da seca no Distrito Federal, os incêndios já começam a preocupar o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). Nesta segunda-feira (8) um incêndio de grandes proporções atinge o Parque Nacional, no portão 9, próximo ao Poço Azul. Os bombeiros já se deslocaram para o local e trabalham para combater o fogo. 

Foto: Divulgação/CBMDF

Já durante a manhã de hoje, um incêndio florestal atingiu a área rural do Gama, nas proximidades da DF 290, área de captação de água da Caesb. O incêndio teve início por volta de 6h e foi combatido por seis horas ininterruptas, com controle total às 12h20. 

Para essa ocorrência, o CBMDF mobilizou seis viaturas e trinta militares, que trabalharam nos 100 mil metros quadrados, o equivalente a 10 hectares, atingidos pelo fogo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No fim de semana, um incêndio acometeu um pinheiral na DF-250, próximo ao Condomínio Interlagos, no Itapoã. Mais de quatro horas foram necessárias para combater o fogo, devido a intensidade das chamas e o tipo de vegetação — pinheirais, segundo a corporação, são de difícil combatimento. 

Atualmente o CBMDF está na chamada Fase 3 da Operação Verde Vivo (operação para combate aos incêndios florestais). Esta fase é chamada de Combate Intermediário e diariamente são empregados 171 militares e 19 viaturas. A partir do mês de agosto terá início a Fase 4, Combate Avançado. Nesta etapa os recursos humanos e materiais envolvidos nos atendimentos aos incêndios em vegetação serão maximizados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade