fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Auditoria da CLDF deve investigar suposta sonegação tributária de bancos

A auditoria tem motivação em escandalo que revelou R$ 3,8 bilhões em Imposto sobre Serviços sonegados em São Paulo

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Durante a sessão desta terça-feira (4), Delmasso (republicanos) disse ter ficado “abismado” com relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Sonegação Tributária da Câmara de Vereadores de São Paulo, que revelou que diversos bancos, a exemplo do Itaú e do Santander, sonegaram cerca de R$ 3,8 bilhões em Imposto sobre Serviços (ISS). 

O trabalho da CPI resultou no indiciamento de 110 diretores e executivos de bancos, e o pagamento retroativo do montante referente à sonegação tributária relativa aos quatro anos investigados pela comissão.

Por conta disso, o deputado anunciou ter protocolado um pedido de auditoria especial na arrecadação de ISS de bancos e financeiras do Distrito Federal junto ao Tribunal de Contas. Segundo Delmasso, existem cerca de 296 agências bancárias no DF e caso haja sonegação tributária, ele vai sugerir a abertura de uma CPI na CLDF para investigar o assunto.

Com informações da CLDF

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade