Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Vacinas da Janssen que atenderiam professores não têm data para chegar no DF

Última informação do ministério foi de que as vacinas da Janssen sofreram uma mudança de programação devido a um problema na alfândega, nos Estados Unidos

Foto: Frederic J. Brown/AFP

Mateus Souza
[email protected]

Na coletiva de imprensa do Governo do Distrito Federal (GDF) sobre as medidas de combate à pandemia, nesta quinta-feira (17), o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, pediu para que as pessoas não criem expectativa acerca da chegada das vacinas da Janssen. O imunizante, ao contrário das demais vacinas, utiliza dose única e seria utilizado para vacinar os professores do Distrito Federal.

Inicialmente, a expectativa era de que as vacinas chegassem entre o domingo e a terça-feira passados. Em seguida, foi anunciado que a remessa chegaria entre quarta (16) e sexta-feira (18). Agora, a orientação do Ministério da Saúde é de que não há previsão de chegada das vacinas.

Segundo o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, há um problema “muito sério” na emissão de pauta do Ministério da Saúde, que não saiu até então. A última informação do ministério foi de que as vacinas da Janssen sofreram uma mudança de programação devido a um problema na alfândega, nos Estados Unidos.

Os imunizantes serviriam para atender aos professores do Distrito Federal. De acordo com Rocha, a vacinação seguirá com as pessoas que realizaram o agendamento. Novos agendamentos ocorrerão com a chegada de mais remessas de vacinas.






Você pode gostar