Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Turismo em ação chega a Brazlândia

Brazlândia é um destino imperdível para visitantes em busca de opções perto de casa e longe da rotina, com mais de 100 cachoeiras mapeadas

Brazlândia recebeu nesta terça-feira (13) o programa inédito na capital Turismo em ação, da Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF). A segunda edição itinerante promoveu iniciativas de qualificações ao segmento, encontros com lideranças locais e percorreu os principais atrativos voltados ao turismo rural, religioso, gastronômico, de eventos e aventura.

Além de conhecer a realidade de empresários locais, houve a apresentação de iniciativas de qualificações para alavancar a cadeia turística da cidade. Criada em 1933, Brazlândia é um destino imperdível para visitantes em busca de opções perto de casa e longe da rotina, com mais de 100 cachoeiras mapeadas.

Turismo rural e de aventura

A primeira parada do projeto foi o sítio Serra Dourada, localizado no Capão da Onça. Há 15 anos, a propriedade oferece ao público opções de passeios guiados, a prática do pesque e solta, além de contar com atividades de reflorestamento e 26 quilômetros de trilhas que podem ser feitas a pé ou de bicicleta.

A região do Serra Dourada é cortada por circuitos de caminhada e trilhas que integram o projeto Caminhos do Planalto Central, que compreende um conjunto de mais de 400 quilômetros de trilhas em todo o DF, para caminhantes, ciclistas e cavaleiros, com pontos de relevante interesse ambiental e histórico. Oportunidade única para conhecer a região e ter experiências de ecoturismo.

“Dois trechos do Caminhos do Planalto Central passam por Brazlândia, com trajetos que fazem ligações com trilhas do Brasil inteiro. Temos também a trilha tracking Brazlândia, elaborada para percorrer as flonas existentes na região. Um circuito que pode ser feito por toda família, inclusive por crianças, com caminhadas em lugares de grande relevância ambiental”, explica o turismólogo Bruno Ielon, presente na visita técnica realizada pela Setur-DF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Turismo de eventos

A pandemia trouxe problemas para muitos setores, mas poucos se comparam ao de eventos. O Recanto do Jequitibá, localizado na BR 080 km 23, tem procurado alternativas para driblar o cenário, como o ecoturismo, segmento capaz de oferecer lazer sem aglomerações.

Ao proprietário e a outros empresários de Brazlândia foi apresentado o Fundo Geral do Turismo (Fugentur), linha de crédito do Banco de Brasília (BRB).

Gastronomia

A cidade, além de local de 60% da produção agrícola do DF, também é famosa por concentrar referências da gastronomia rural. É o caso do Rancho Paraná. Há cerca de 50 anos, a agricultura familiar combinada com um impressionante restaurante rural, fazem do rancho um ponto turístico já conhecido em todo o Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Artesanato

A recém inaugurada “Casa do Turismo” também será espaço para impulsionar o artesanato na cidade, servindo como local de venda para os empreendedores. A artesã Terezinha Santana da Silva comemora. “Ações como esta atraem mais pessoas para a nossa cidade e aumentam nossos ganhos. É muito importante ter oportunidade de trabalhar na nossa cidade mesmo e conseguir gerar renda”.






Você pode gostar