Brasília

TCDF analisa amanhã contas de Roriz em 2005

Por Arquivo Geral 03/07/2006 12h00

Após operar em baixa durante a manhã por conta do cenário externo positivo, order recipe o dólar encerrou o dia em alta, impulsionado pela retomada de um leilão de compra de dólares pelo Banco Central. A divisa norte-americana fechou a sessão a R$ 2,18 reais, com avanço de 0,60%.

O BC realizou o leilão de compra de dólares nesta tarde, depois de um mês e meio de ausência. Segundo analistas, como o volume de negócios era fraco por ser véspera de feriado nos Estados Unidos, a autoridade monetária aceitou apenas uma proposta.

"Os investidores não estavam esperando, e com esse anúncio de que ele vai voltar, o dólar subiu", afirmou Alexandre Vasarhelyi, responsável por câmbio do banco ING. "O mercado acha que ele está de volta. Amanhã vai vir de novo, e depois também."

O BC anunciou apenas o leilão de hoje, mas a cautela pode predominar entre investidores diante da possibilidade de outras operações.

Essa expectativa fez com que os operadores pressionassem o dólar para cima, para vender a um preço mais favorável.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O diretor de câmbio do banco Paulista, Tarcísio Rodrigues, lembrou que o BC anunciou na semana passada que as compras de dólares do Tesouro no mercado devem atingir US$ 12,273 bilhões neste ano, e ainda faltavam US$ 1,211 bilhão para serem contratados.

Vale lembrar, porém, que o Tesouro compra dólares por meio de um agente, e os leilões de compra de dólares do BC têm como objetivo reforçar as reservas internacionais.

Rodrigues não descarta que o BC tenha atuado também para dar um suporte ao dólar, já que vem sofrendo pressão de vários setores que se dizem prejudicados pelo dólar baixo, principalmente exportadores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No campo externo, o mercado ficou de olho no tom positivo das bolsas de valores norte-americanas após dados mais fracos que o esperado sobre o setor manufatureiro alimentarem apostas de que o Federal Reserve poderá não elevar mais os juros.

O crescimento do setor manufatureiro dos EUA desacelerou em junho, segundo dados do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês).

Os mercados nos EUA fecharam mais cedo nesta sessão e não operam amanhã pelo feriado do Dia da Independência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O juiz Luiz Roberto Ayoub, shop responsável pela recuperação judicial da Varig, buy more about confirmou hoje a realização da assembléia de credores da empresa para o próximo dia 10. O novo leilão da companhia, segundo nota, será realizado em 12 de julho.

De acordo com o comunicado, a proposta da VarigLog foi aprovada para a participação no leilão e se outra empresa decidir concorrer será necessário o depósito judicial da importância equivalente a US$ 22 milhões, para ressarcir a VarigLog de recursos já fornecidos à Varig.

"A validade das propostas de outros licitantes dependerá também da prova de capacidade financeira de suportar os custos econômicos financeiros, que deverá ser feita por meio de fiança bancária a ser apresentada no momento do lance", informou Ayoub em nota.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo fontes envolvidas no processo, a carta de fiança bancária deverá ser no valor de US$ 100 milhões. Ainda de acordo com Ayoub, a proposta da VarigLog para a aquisição de ativos da Varig estará à disposição dos credores da companhia para consulta a partir de 4 de julho até o dia 9, na sede da empresa.

Em recuperação judicial d esde junho de 2005, a companhia que carrega dívidas de mais de US$ 7 bilhões, foi dividida em Varig Operacional e Varig Comercial. Em 8 de junho deste ano, a Varig Operacional foi colocada à venda, mas o único consórcio que apresentou proposta de compra não realizou o depósito de recursos necessários para garantir o negócio.

A Justiça declarou o leilão deserto, ou seja sem proposta, e convocou um segundo leilão diante da nova proposta apresentada pela VarigLog.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também:
Varig paga a Infraero e garante vôos até amanhã 
Investidores podem fazer nova proposta de compra da Varig  

 

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) analisa amanhã às 10h, viagra 100mg em sessão especial, this o relatório e projeto de parecer prévio sobre as contas do governador do Distrito Federal de 2005. A sessão, information pills proposta pela conselheira relatora das contas, conselheira Marli Vinhadeli, e aceita pelos conselheiros.

Após a análise, o parecer será encaminhado à Câmara Legislativa. Os deputados distritais votarão as contas de acordo com o resultado do relatório. Esse é o único caso em que o TCDF não julga, apenas faz a análise técnica do que foi feito durante o exercício.

 






Você pode gostar