Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

“Se lança Mana!”: mulheres lançam projeto para impulsionar carreiras femininas na música

Com apoio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, o projeto “Se Lança Mana!” busca compositoras para serem lançadas no mercado fonográfico

Foto: Divulgação/Thaís Mallon

Mulheres sempre se destacaram na música, como cantoras, compositoras, dentre outras funções. Infelizmente, porém, essa participação feminina é extremamente inferior em relação aos homens. Apenas 16% dos quase 50 mil associados da União Brasileira de Compositores (UBC), por exemplo, são mulheres. Destas, somente 8% são compositoras.

Para tentar mudar essa estimativa e impulsionar a carreira feminina dentro do mercado musical, a cantora e compositora Letícia Fialho e a percussionista Larissa Umaytá idealizaram o projeto “Se lança, Mana!”, que vai lançar cinco compositoras no mercado fonográfico brasileiro. As escolhidas poderão gravar um single com videoclipe de forma gratuita.

O projeto é voltado exclusivamente para mulheres. As candidatas devem ser moradoras do DF (mesmo que nascidas em outro local) e não podem ter lançado músicas ou videoclipes. Além disso o “Se lança, mana!” só lançará compositoras, portanto, a música deve ser autoral. As vagas abrangem tanto mulheres cis quanto trans, e uma das cinco vagas será voltada para mulheres com deficiências. 

As inscrições abriram no dia 1º de agosto e vão até dia 19, podendo ser feitas neste link. Os critérios de seleção e pontuação serão publicados no perfil do projeto no Instagram.

Para a percussionista Larissa Umaytá, que já acompanhou vários artistas de destaque, como a cantora Ellen Oléria e o grupo Menos é Mais, fala mais sobre o projeto. “Durante a pandemia, muita coisa foi acontecendo. Pensando sempre em produções audiovisuais e como a gente poderia começar a produzir mulheres que já conhecíamos, vamos iniciar esse projeto e gravar do jeito que der, para começarmos divulgar esses trabalhos que acreditamos”, conta Larissa.

Além de gravar um single e um videoclipe, as mulheres escolhidas também ganharão um ensaio fotográfico. “É o material básico para se inscrever em festivais e outros projetos de interesse”, explica a fotógrafa Thaís Mallon, que faz a coordenação audiovisual.

As mulheres já estão na música, só precisam de visibilidade

Os artistas independentes sempre tiveram dificuldades para conseguir oportunidades. Como cita Larissa, é uma correria longa e muito cansativa. “O investimento para colocar suas produções com qualidade em plataformas de streaming é muito alto, falo por mim e por outras artistas. E quando falamos de mulheres, essa luta é ainda mais longa. São muitas dificuldades, principalmente para mulheres periféricas” comenta Larissa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conheça as criadoras do projeto

Larissa Umaytá é percussionista, educadora e produtora. Cresceu no berço da cultura popular e formou-se na Escola de Choro Raphael Rabello. No “Se lança, mana!”, é responsável pela produção e pela direção musical.

Letícia Fialho é compositora, instrumentista, cantora e arranjadora. Autora de “Corpo e Canção”, que tem mais de 1,5 milhão de plays no Spotify, Letícia tem quatro álbuns na carreira. O mais recente é “Carta de Fogo”, lançado em novembro do ano passado. No projeto, ela também assina a produção e a direção musical. 

Thaís Mallon é fotógrafa com formação em audiovisual. Há cerca de 12 anos, trabalha essencialmente com música, artes e eventos culturais. É ela que vai coordenar a produção audiovisual e fazer os registros fotográficos do “Se lança, mana!”.

SERVIÇO

Se Lança, Mana!
Inscrições gratuitas de 1º a 19 de agosto pelo link
Mais informações: Cláudia Costa (61-99175-2191)
Instagram: @selancamana

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar