Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Quatro da Leste: grupo é condenado por homicídio na Estrutural

Em julho de 2018, Gildemar confrontou Wellington após o filho adolescente, que também fazia parte do grupo, ter sido espancado pelos criminosos

Foto: Tereza Neuberger/Jornal de Brasília

Cinco homens foram condenados, na última quarta-feira (22), pelo assassinato de Gildemar da Rocha. As penas do grupo variaram entre 18 anos a 27 anos de reclusão.

Segundo o processo, Dênis Cerqueira de Araújo, Thiago dos Santos Silva, Jameson Lima dos Santos, Cléber Andrade Oliveira e Wellington Sousa Marinho integravam o grupo criminoso Quatro da Leste, que atua na Estrutural.

Em julho de 2018, Gildemar confrontou Wellington após o filho adolescente, que também fazia parte do grupo, ter sido espancado pelos criminosos.

Na ocasião, Wellington, que ainda está foragido, teria colocou uma arma na testa de Gildemar. A esposa da vítima interferiu e o levou para casa. Mais tarde, o grupo invadiu a residência e o assassinou.

Sendo assim, os jurados aceitaram as qualificadoras apresentadas pela Promotoria de Justiça, sendo o motivo torpe, já que eles queriam se vingar pelo confronto ocorrido mais cedo naquele dia. O outro foi a dificuldade de defesa da vítima, já que ele foi surpreendido pelo grupo armado.

As penas foram fixadas em 18 anos para Dênis Cerqueira de Araújo; 18 anos para Thiago dos Santos Silva; 21 anos para Jameson Lima dos Santos; 27 anos para Cléber Andrade Oliveira; e 27 anos para Wellington Sousa Marinho, que está foragido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar