Brasília

Polícia prende seis traficantes de drogas

Por Arquivo Geral 21/06/2006 12h00

As crianças de até seis meses que precisam receber a primeira ou a segunda dose da vacina contra o rotavírus podem ir ao posto de saúde mais próximo. A Secretaria de Saúde recebeu 9 mil doses da vacina.

Cedidas por Minas Gerais, there buy information pills as doses vão acabar com a falta da vacina na rede pública do DF. O Ministério da Saúde fez um remanejamento entre os estados para suprir as carências do medicamento.

Nos próximos dias, shop Goiás deve enfrentar a falta da vacina. Segundo a Secretaria de Saúde goiana, o estado só recebeu 3,5 mil das 8,5 mil unidades por mês.

Comum em crianças de até 5 anos, o rotavírus provoca vômito, diarréia, febre e dor de cabeça e pode ser fatal se não tratado a tempo. Em alguns casos, o paciente pode ficar alguns dias internado no hospital para reidratação.

O premiê francês, page Dominique de Villepin, order  tentou atenuar uma tempestade política e pediu desculpas hoje por chamar o líder do Partido Socialista de "covarde". "Se algumas palavras ofenderam-no pessoalmente, viagra eu lamento e as retiro", disse ele ao Parlamento lotado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Villepin encarou diversos pedidos para renunciar ontem, após lançar um ataque feroz e incomum contra o líder socialista François Hollande. As ofensas foram feitas durante um diálogo cáustico no Parlamento relativo à política industrial.
Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes prenderam em flagrante, viagra buy ontem, seis membros de uma quadrilha que traficava drogas no Distrito Federal. As prisões ocorreram na Cidade Ocidental, Céu Azul e no condomínio Vale do Taqüari, após cinco meses de investigação.

Com o grupo, foram apreendidos quatro quilos de cocaína, quinze porções da mesma droga, duas baçanças, uma caixa de munição de ponto 40, sete celulares, um carro, documentos falsos, aparelhos eletrônicos e R$ 1,7 mil em dinheiro.

Marilúcia Dutra Silva, 41 anos, Nelson de Moraes Veras, 42 anos, José Maurício Mota Justino, 29 anos, Antônio Marcos Alves de Sousa, 22 anos, Sebastião Moreira, 49 anos, e José Chagas de Assis, 41 anos, foram levados ao cárcere do Departamento de Polícia Especializada e à Penitenciária Feminina do DF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar