Brasília

Nova espécie de abelha é descoberta em fazenda a 150 km de Brasília

Batizada de ceratina (ceratinula) fioreseana, a espécie não vive em colônia e é uma polinizadora importante de ecossistemas naturais

Uma nova espécie de abelha selvagem foi descoberta em uma área de floresta recuperada, na fazenda Nossa Senhora Aparecida, localizada no estado de Goiás, a 150 km de Brasília. A propriedade integra um programa de agricultura sustentável. As informações são da revista Exame.

Batizada de ceratina (ceratinula) fioreseana, a espécie não vive em colônia e é uma polinizadora importante de ecossistemas naturais. A descoberta foi anunciada na Zookeys, revista científica de referência nas áreas de zoologia, taxonomia, filogenia e biogeografia.

De acordo com a Bayer, empresa química e farmacêutica alemã que promove o programa de agricultura sustentável, mais de 75% da produção de alimentos global depende de abelhas.

A pesquisa recebeu a assinatura do pesquisador responsável pelo monitoramento da diversidade de polinizadores na fazenda, Heber Luiz Pereira. O trabalho também foi assinado pela pesquisadora taxonomista de abelhas do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia (IBIO-UFBA), Favizia Freitas de Oliveira.

Os proprietários da fazenda Nossa Senhora Aparecida foram homenageados por meio do nome da nova espécie. Fioreseana é uma referência à família Fiorese. A propriedade, localizada em Água Fria de Goiás-GO, tem 2.700 hectares e produz soja, milho, feijão, trigo e sorgo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Foto: Favizia Freitas de Oliveira/Divulgação

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar