Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

“Não vamos politizar a pandemia”, diz chefe da Casa Civil

“Minha opinião pessoal, essa aglomeração não contribui para diminuir a pandemia no Distrito Federal, mas vivemos em um país democrático e isso (manifestações com aglomerações) é possível de ocorrer”, disse o secretário

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Mateus Souza
[email protected]

Ao ser questionado sobre as manifestações que ocorreram na esplanada, em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, disse que não iria politizar a pandemia. Ele afirmou ainda que cabe à Polícia Militar fiscalizar as manifestações e não ao DF Legal. A questão foi levantada durante a coletiva de imprensa, realizada nesta segunda-feira (17).

“Minha opinião pessoal, essa aglomeração não contribui para diminuir a pandemia no Distrito Federal, mas vivemos em um país democrático e isso (manifestações com aglomerações) é possível de ocorrer”, disse o secretário.

“A fiscalização no dia a dia é feita pelo DF Legal. Nas manifestações é a Polícia Militar, com tratativas anteriores e fixação de regras”, completou Rocha.






Você pode gostar