Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

MPDFT vai fiscalizar centros de convivência de idosos

Um ofício foi encaminhado à Secretaria de Justiça para que informe a relação de todos os centros, bem como sua atual vinculação

MPDFT Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília

Os centros de convivência de idosos no Distrito Federal estarão sob o olhar do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). A Promotoria de Justiça Regional de Defesa dos Direitos Difusos (Proreg) instaurou procedimento administrativo para acompanhamento e fiscalização destes locais.

O MP vai fazer um levantamento de todos os centros de convivência de idosos no DF para saber a quem estão vinculados, como estão funcionando e quem são os responsáveis. Representantes da Administração Regional da Estrutural informaram que, atualmente, os centros não estão funcionando, pois há uma infiltração em manutenção. Segundo eles, a previsão de retorno às atividades é para assim que o problema for solucionado.

O fato foi informado na última sexta-feira, 13 de maio, quando a Proreg e a Promotoria de Justiça da Pessoa Idosa (Projid) realizaram reunião com a Administração Regional da Estrutural, a Secretaria de Justiça, a Secretaria de Desenvolvimento Social e representantes da sociedade civil para tratar a respeito do assunto.

O Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) também foi comunicado sobre projeto piloto no local, criado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), para o funcionamento do Centro Dia, unidade que será destinada ao atendimento especializado a pessoas idosas e com deficiência que tenham algum grau de dependência de cuidados.

O objetivo é evitar o isolamento social e o abandono e atender à necessidade de acolhimento dessas pessoas. A Assessoria Técnica da Administração Regional está recebendo manifestações dos cidadãos sobre o assunto. Interessados podem entrar em contato pelo 99252-7881

Um ofício foi encaminhado à Secretaria de Justiça para que informe a relação de todos os centros, bem como sua atual vinculação, o nome do responsável e telefone de contato.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar