Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Moradores de rua do DF tem abrigo provisório para noites de frio

No Distrito Federal, o Núcleo de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos solicitou, na segunda-feira (16), informações sobre as ações

Foto: Agência Brasil

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) do Distrito Federal começou a abrigar moradores de rua durante a noite após o recorde de frio registrado na última quarta-feira (19).

Serão ofertadas 100 vagas, que serão preenchidas por ordem de chegada. Os moradores serão recebidos no Ginásio do Centro Integrado de Educação Física, na quadra 907 Sul, região central da capital federal, das 20h às 8h. Cobertor e colchão serão entregues, além de um lanche noturno e café da manhã.

O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) emitiu uma recomendação para que governos estaduais e municipais adotem medidas que ampliem abordagens sociais e vagas para acolher pessoas em situação de vulnerabilidade, especialmente em situação de rua.

No Distrito Federal, a Defensoria Pública (DPDF), por meio do Núcleo de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos, solicitou, na segunda-feira (16), que em 48 horas fossem prestadas informações sobre as ações realizadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social para o cumprimento da norma.

*Com informações da Agência Brasil








Você pode gostar