Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Lázaro passa a noite em chácara e rouba facão

Após a denuncia, as forças de segurança se deslocaram para propriedade e passaram a fazer rondas terrestres e aéreas no local

Por Geovanna Bispo 24/06/2021 6h02

Na tarde desta quinta-feira (24), a dona de uma fazenda em Girassol (GO) afirmou que o suspeito de chacina no Incra 9, no último dia 9, Lázaro Barbosa de Sousa, teria dormido em sua propriedade na última noite. Segundo a mulher, que deu entrevista para a TV Record e não quis se identificar, ele teria levado um facão, roupas, cobertores e comida, além de, aparentemente, ter assistido televisão.

Por volta das 15h30, um homem foi visto rondando outra chácara e depois fugindo para a mata. Após a denuncia, dezenas de viaturas, dois helicópteros e o secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda, se deslocaram para propriedade e passaram a fazer rondas terrestres e aéreas no local. A força-tarefa ainda montou uma barreira nas proximidades da propriedade.

Há 16 dias foragido, Lázaro é suspeito de cometer, além do assassinato em Ceilândia, outros crimes graves, como estupro. As buscas ocorrem nas cidades de Edilândia e Girassol, que pertencem a Cocalzinho de Goiás (GO), e contam que 200 policiais civis, militares, federais e rodoviários federais.

Depois de muito movimentação na semana passado, esta semana tem corrido sem muitas novidades sobre o suspeito, completando cinco dias sem qualquer sinais comprovados.






Você pode gostar