Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Ibaneis anuncia vacinação de jovens com 13 anos a partir de terça-feira (21)

“Informa a todos que vamos manter no DF a vacinação dos adolescentes”, escreveu o governador

Por Geovanna Bispo 18/09/2021 11h11
Foto: Agência Brasil

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), anunciou, neste sábado (18), o avanço da vacinação contra a covid-19. De acordo com ele, a imunização dos jovens a partir de 13 anos se inicia a partir da próxima terça-feira (21). “Informa a todos que vamos manter no DF a vacinação dos adolescentes”, escreveu o governador.

Essa já é a segunda vez que Ibaneis anuncia a vacinação do grupo. Na última quinta-feira (16), o governador já havia divulgado o avanço, porém, após orientação do Ministério da Saúde para suspensão da imunização dos adolescentes sem comorbidades, ele suspendeu a decisão.

“A decisão do GDF e da Secretaria de Saúde tem o respaldo técnico das instituições representativas que fazem parte do processo de imunização do país”, continuou Ibaneis.

Na ocasião, o ministério havia pedido a suspensão para maiores investigações sobre cerca de 1.500 casos com “efeitos adversos”. Outro motivo seria a suspeita sobre o óbito de um jovem de 16 anos em São Paulo, que teria falecido dez dias após de imunizar. O governo do estado informou que o caso não tem relação com a vacina.

“Entre elas o CONASS, CONASEMS, Sociedade Brasileira de Imunizações, Sociedade Brasileira de Infectologia, Sociedade Brasileira de Pediatria. E também da Anvisa, órgão regulador que autorizou a vacinação contra covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos com o imunizante da Pfizer”, finalizou o governador.

3ª dose

Além dos adolescentes, Ibaneis também anunciou para terça a vacinação de idosos que vivem em asilos. Na última terça-feira (14), o governador havia afirmado que o reforço apenas seria iniciado em outubro, quando a vacinação dos adolescentes fosse concluída.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A previsão é de fechar todo o grupo de 12 anos para cima até o final do mês de setembro, pra que a gente possa iniciar a terceira dose daqueles mais idosos e daquelas pessoas que têm comorbidades a partir do início de outubro”, disse Ibaneis.

De acordo com o ministério, a dose de reforço deve priorizar pessoas imunossuprimidas e idosos com 70 anos ou mais.








Você pode gostar