Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Homem que se passava por policial civil para roubar dados de pessoas é preso

Segundo investigações, o autor assaltava pessoas e tomava os celulares delas. Depois, entrava em contato com as vítimas fingindo ser policial e dizendo que precisava de dados pessoais para recuperar os aparelhos

Por Willian Matos 24/11/2021 11h18

A 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) prendeu, na terça-feira (23), um homem de 22 anos acusado de roubo majorado e furto mediante fraude.

Segundo as investigações, o autor assaltava pessoas e tomava os celulares delas. Depois, entrava em contato com as vítimas por e-mail fingindo ser policial civil, dizendo que precisava de dados pessoais para recuperar os aparelhos. Veja exemplos da ação criminosa:

De posse dos dados pessoais, o bandido fazia compras, empréstimos e outras transações em nome das vítimas. Ele também conseguia desbloquear os celulares roubados. No fim das contas, o autor mantinha os aparelhos e ainda lucrava de outras formas com as informações das pessoas assaltadas.

O autor está preso na carceragem da Polícia Civil (PCDF), onde segue à disposição da Justiça.

O delegado-chefe da 6ª DP, Ricardo Viana, fala sobre o caso:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar