Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Foragido é localizado aguardando cirurgia no Hospital de Base

O homem faz parte de um trio que assaltou um casal na 114 Sul em junho deste ano. Um integrante do grupo segue foragido.

Por Tereza Neuberger
[email protected]

Segundo suspeito de roubar um casal na Asa Sul foi encontrado ao aguardar cirurgia no Hospital de Base de Brasília. Adonizedek Alves da Costa, conhecido como Adonis, de 30 anos, foi preso preventivamente nesta quarta-feira (06), pelas equipes da 1ª Delegacia de Polícia.

O assaltante estava foragido desde o dia 05 de abril. Ele foi atropelado e enquanto aguardava uma cirurgia no Hospital de Base de Brasília, foi localizado pela inteligência da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). O suspeito é o segundo envolvido em um assalto na Asa Sul com emprego de arma branca, que foi localizado pela polícia. Contra Adonis constam passagens pela polícia pelos crimes de furtos, roubos e violência doméstica.

Assaltante foragido localizado no Hospital de Base de Brasília após ser atropelado

Imagens do circuito de segurança dos edifícios no local registraram o momento em que os assaltantes em avistam o casal. Nas imagens do circuito de segurança a qual o Jornal de Brasília teve acesso é possível ver os assaltantes embaixo de um bloco na 114 sul, logo em seguida eles avistam o casal de mochilas passando e os seguem. Já no estacionamento do bloco os três se aproximam do casal, realizam a abordagem com o uso de arma branca e praticam o assalto.

Momento em que os assaltantes avistam as vítimas

O primeiro assaltante envolvido no roubo aos celulares do casal, identificado como Wellington Oliveira Santos, de 22 anos, foi preso pela 1ª DP no dia 13 de junho em sua própria residência. O assaltante possuía envolvimento em ao menos três roubos na região.

De acordo com o delegado Maurício Iacozzilli, o suspeito localizado na data de hoje responderá ao processo preso e, se condenado, poderá pegar pena de até 12 anos de prisão. As investigações prosseguem visando a identificação do terceiro suspeito envolvido no roubo.

Divulgação do suspeito para reconhecimento de possíveis vítimas. Ligue 197

“Ante à reiteração criminosa do suspeito, divulga-se sua imagem, a fim de que outras vítimas possam reconhecê-lo”, alerta o delegado. Quaisquer informações quanto ao paradeiro do terceiro suspeito, a PCDF solicita informar através do 197.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar