Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Exclusivo: conheça a ciclovia que será construída na via Estrutural

De acordo com o projeto que o JBr teve acesso, a ciclovia ligará o Pistão Norte até o
Plano Piloto e passará pela marginal de Vicente Pires. Governador Ibaneis Rocha pede
urgência na execução da obra

Por Afonso Ventania 10/11/2023 5h34

Na DF-095, conhecida como via Estrutural passam cerca de 80 mil veículos diariamente. Entre os carros, motos, caminhões e ônibus, diversas bicicletas utilizadas por trabalhadores e atletas atravessam os 13 quilômetros da rodovia. Segundo levantamento recente do Instituto de Pesquisa e Estatística do Distrito Federal (IPEDF), a Região Administrativa do SCIA/Estrutural é onde mais se usa a bicicleta como meio de transporte. Pelo menos 10% dos moradores utilizam a bicicleta para trabalhar. Em todo o Distrito Federal, de acordo com informações da Federação Metropolitana de Ciclismo (FMC), há quase 500 mil ciclistas ativos circulando pelas vias da capital do país.

Desde o início das obras de pavimentação de concreto nos dois sentidos da pista, em janeiro de 2023, a dúvida dos ciclistas é se haverá um lugar seguro para pedalar. Em entrevista exclusiva ao bikerrepórter do Jornal de Brasília, Afonso Ventania, o superintendente técnico do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), Plínio Fragassi, revelou o projeto da ciclovia que será construída entre a marginal de Vicente Pires e a Estrutural.

“O próprio governador Ibaneis Rocha pediu urgência na execução da ciclovia. Já estamos trabalhando na atualização dos estudos que tínhamos desde 2009. Precisamos atualizar a sinalização, os acessos da via e o orçamento para, então, buscar financiamento para licitarmos a obra”.

Ainda segundo o gestor, a ciclovia vai ligar Pistão Norte até o Plano Piloto ao longo de toda a rodovia. “A primeira parte vai do Pistão Norte até o Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA) e cidade Estrutural. Depois seguiremos no sentido Plano Piloto. Além disso, estamos propondo a instalação de passarelas para contemplar os pedestres. A mobilidade ativa é também nossa prioridade”, acrescenta.

A pesquisa do IPEDF retrata a realidade da região. Em poucos minutos pedalando pela Estrutural, o bikerrepórter Afonso Ventania encontrou várias pessoas utilizando a bicicleta como meio de locomoção. O catador João Renato dos Santos usa a bicicleta para se deslocar do Cruzeiro até a cidade Estrutural em busca de materiais recicláveis. “Vai ficar muito bom porque a viagem de ida e volta vai ser mais tranquila e segura para quem anda de bicicleta”, comemora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para o motoboy João Felipe Andrade que utiliza a bicicleta como transporte e lazer quando não está fazendo entregas de motocicleta, a ciclovia pode reduzir os sinistros de trânsito na Estrutural. “Já vi muitos acidentes aqui na região. Muitos motoristas não respeitam os ciclistas. A ciclovia vai beneficiar os trabalhadores que usam a bike para chegar no emprego”, diz.

Com investimento de R$ 55 milhões, a previsão de conclusão das obras de pavimentação de concreto na Estrutural é até o fim deste ano, segundo o DER-DF. De acordo com o órgão, o pavimento rígido é um material mais resistente, duradouro e de fácil manutenção. Com vida útil superior ao asfalto comum, suporta cargas mais pesadas, como caminhões e ônibus, sem sofrer deformações ou danos significativos. Por essa razão, é indicado em rodovias de grande movimentação.






Você pode gostar