Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Entorno supera o número de casos e de vidas perdidas da primeira onda de covid

A taxa de letalidade do Entorno-DF é de 2.43% registrada no dia 13 de abril, sendo que o total de casos confirmados é de 61.488 e de óbitos é de 1.495

Mônica Prado / Agência UniCEUB

Entre os dias 4 e 10 de abril, o Entorno do Distrito Federal (DF) apresentou uma variação de 47% para mais no número de novos óbitos de covid-19 em relação ao período de pico da primeira onda (ver gráfico abaixo). O pico da primeira onda ocorreu entre 30 de agosto e 5 de setembro de 2020 (período correspondendo à 36ª semana epidemiológica) que registrou 85 óbitos.

Foto: Plataforma JF

A taxa de letalidade do Entorno-DF é de 2.43% registrada no dia 13 de abril, sendo que o total de casos confirmados é de 61.488 e de óbitos é de 1.495. Para se informar sobre os dados de seu município e de outros estados basta acessar a Plataforma JF neste link.

Em 2021, o pico da segunda onda está ocorrendo na 14ª semana epidemiológica (período de 4 a 10 de abril), com o registro de 125 óbitos. Para os casos novos confirmados, a variação é de 8% para mais entre o pico da primeira e o da segunda onda. Em 2020, o pico de novos casos confirmados também ocorreu na 36ª semana (30 de agosto a 5 de setembro) com o registro de 2.470 casos, e, em 2021, o pico está ocorrendo na 14ª semana, período de 4 a 10 de abril, com o registro de 2.683 novos casos. Os dados são retirados da Plataforma JF.

Luziânia continua a ser o epicentro da segunda onda de covid-19 no Entorno-DF. O município apresentou no dia 13 de abril um total acumulado de 15.391 casos confirmados e 253 óbitos (ver gráfico abaixo). Desde o dia 1 de abril, quando foram registrados 13.709 casos, a variação é de 12,26% a mais de casos. No que se refere ao número de óbitos, a variação é de 15% a mais de vidas perdidas, uma vez que em números absolutos o total de óbitos era de 220 no dia 1 de abril e de 253 no dia 13 de abril.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Foto: Plataforma JF

Três outros municípios também puxam os casos e os óbitos nesta segunda onda de covid-19. Valparaíso de Goiás apresenta no dia 13 de abril um total acumulado de 10.290 casos confirmados, mas se aproxima de Luziânia no número óbitos. Até o dia 13 de abril, 247 pessoas haviam perdido a vida para a covid em Valparaíso. O terceiro município do ranking é Formosa com 6.821 casos confirmados até o dia 13 de abril, seguido por Águas Lindas de Goiás com 6.011 casos. A posição das cidades se inverte quando a questão são os óbitos. Águas Lindas registra até o dia 13 de abril 194 vidas perdidas, enquanto Formosa registra 158.






Você pode gostar