Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Em operação Pronto-Emprego, DF Legal derruba obras irregulares no Gama

A ação de governo preventiva tem como objetivo evitar que as ocupações irregulares prejudiquem a regularização da região

A Secretaria DF Legal, por meio da Operação Pronto-Emprego, realizou, nesta segunda-feira (2), a retirada de edificações irregulares na região da Ponte Alta do Gama. A ação foi realizada em dois pontos distintos,  em cumprimento a decisão judicial e a ameaça de inviabilização da regularização da região.

A primeira área é objeto da tentativa de construção de um condomínio em formação que já passou por duas operações de demolição. Ela possui inquérito da Delegacia do Meio Ambiente (Dema) e tem decisão transitada em julgado.

No local foram removidos 275 metros lineares de muro de alvenaria, retirado um medidor e derrubado seis postes que distribuíam irregularmente energia para as residências, além da apreensão de material de construção que foi levado para o depósito da DF Legal.

A segunda área é em uma área denominada “centralidade”, conforme previsão na DIUR 05/2018, que dispõe sobre a regularização da Ponte Alta do Gama.

Nesse segundo ponto foi demolida uma edificação de madeira com aproximadamente 8m², que servia de depósito para materiais, uma segunda edificação de 1,5m² também em madeira que servia como banheiro, demolidos 80 metros lineares de muros de alvenaria, descaracterizados aproximadamente 150 metros lineares de bases de concreto para a construção de outro muro e realizada a apreensão de ferramentas, como enxadas, pás, carrinhos de mão, sacos de pregos, luvas e etc.

A ação de governo preventiva tem como objetivo evitar que a ocupação com novas edificações irregulares prejudique o processo de regularização da região, que se estende desde 2001. Caso essas novas construções se consolide, o processo poderá ser todo ele anulado, uma vez que os espaços grilados estão destinados a equipamentos públicos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar