Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Delegado é vítima de racismo no DF

Quando o homem percebeu que se tratava de um delegado e recebeu voz de prisão, tentou fugir mas foi alcançado por uma equipe da PMDF

Por Aline Rocha 08/08/2020 10h49

O delegado da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Ricardo Viana, foi vítima de racismo na noite dessa sexta-feira (8) em uma loja do McDonald’s. Um morador do Lago Sul estava no estabelecimento, na QI 23, e chamou o delegado de “macaco” e “viado”.

O agressor arremessou uma sandália contra Viana, que estava acompanhado da filha de 15 anos. Quando o homem percebeu que se tratava de um delegado e recebeu voz de prisão, tentou fugir, mas foi alcançado por uma equipe da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Durante revista no carro do homem, foi encontrada uma porção de maconha. O delegado abriu um boletim de ocorrência contra o agressor na 1ª Delegacia de Polícia (DP), na Asa Sul e o homem foi levado para a delegacia. Viana é o delegado-chefe da 3ª DP, no Cruzeiro.






Você pode gostar