Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Covid ceifa 7.049 vidas no DF

Do total de 363.344 mil casos, 7.049 (1,9%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus e 344.807 (94,9%) estão recuperados

Nesta quinta-feira (15), o Distrito Federal (DF) atingiu a triste marca de 7 mil vidas perdidas para a Covid-19. De acordo com o Boletim Epidemiológico nº 409, divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde do DF, a capital candanga, nas últimas 24 horas, registrou 965 novos diagnósticos da doença. Desde o início da pandemia, 363.344 pessoas já foram contaminadas na capital. Além disso, 11.488 casos ainda estão ativos.

As regiões com mais casos confirmados são: Ceilândia (39.746), Plano Piloto (34.732) e Taguatinga (29.083). Nas últimas 24 horas foram registrados 77 óbitos, sendo 16 falecimentos ocorridos de quarta para quinta-feira. O restante dos registros consistem em casos que aguardavam confirmação.

Do total de 363.344 mil casos, 7.049 (1,9%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus e 344.807 (94,9%) estão recuperados. Do total de óbitos, 6.471 eram moradores do DF e 578 de outros estados.

Com relação ao local de residência dos casos, 318.921 (87,8%) residem no DF e 27.185 (7,5%) residem em outras Unidades Federadas (UF), sendo que os municípios do entorno respondem pela maior proporção dos casos de outras UF.

Em relação aos óbitos, a média móvel mostrou uma tendência crescente do início da pandemia até a primeira quinzena de agosto. No início de dezembro, observou-se oscilações com tendência de alta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A partir da primeira semana de março, a média móvel de óbitos apresenta crescimento acelerado, alcançando médias superiores às registradas anteriormente. Destacase que, no dia 24 de março de 2021, registrou-se a maior marca de óbitos ocorridos em um único dia desde o início da pandemia, com um total de 86 vidas perdidas

Com informações da Secretaria de Estado da Saúde do DF

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar