Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Clube de vantagens auxilia mulheres vítimas de violência doméstica

A iniciativa já possui 165 acessos desde janeiro deste ano através da ferramenta virtual que permite à mulher denunciar ser notada.

Foto: Agência Câmara dos Deputados

Por Tereza Neuberger
[email protected]

Desde 21 de janeiro deste ano, o clube de vantagens com foco em servidores públicos, Market Club, disponibiliza em sua plataforma digital, uma ferramenta virtual para que mulheres em situação de violência possam solicitar ajuda ou auxílio.

Atualmente a plataforma conta com cerca de 1 milhão de pessoas cadastradas, e já contabiliza 165 acessos à ferramenta virtual de auxílio às mulheres em situação de violência. “Devido ao anonimato, não é possível saber quantos casos realmente foram atendidos. O que sabemos é que esses acessos foram feitos a partir da nossa plataforma, que precisa de login e senha para que nossas associadas possam navegar. Atualmente são quase um milhão de pessoas cadastradas”, afirma o CEO da empresa, Roberto Camilo.

A ferramenta é uma alternativa para a mulher que estiver sofrendo algum tipo de violência e possuir acesso à plataforma através do clube de vantagens, pedir auxílio sem que o agressor perceba. “A mulher que estiver sofrendo agressões, pode acessar a plataforma, pedir ajuda e/ou denunciar o agressor sem que ele perceba. Ele (o agressor) vai achar que ela está navegando na plataforma, enquanto, na verdade, estará pedindo ajuda”, destaca Camilo.

A ideia surgiu através de um concurso que a empresa Brasiliense promoveu em agosto de 2021. Na plataforma do Markt Club foi inserido um ícone para que a mulher possa solicitar ajuda ou auxílio em caso de sofrimento de violência doméstica. Ao clicar na opção “180”, a ligação é direcionada para discar do celular. “Há também o Fale online, em que a mulher, ao acessar o botão -Conversar pelo Chat-, é redirecionada para o chat do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Essa é uma forma mais silenciosa e segura de denunciar”, ressaltou Roberto Camilo.

Existe ainda uma terceira opção que é a Fale com um especialista, onde a pessoa que estiver necessitando de ajuda, poderá acionar o botão “Solicitar Atendimento”. Nele, a vítima terá uma lista de profissionais associados à plataforma e escolherá o psicólogo que ela queira contratar para realizar futuro tratamento. “Essa opção é para oferecer profissionais que possam ajudar a superar o trauma vivenciado”, acrescentou o Roberto.

Os dois primeiros canais não pertencem ao Markt Club, são opções que irão redirecionar imediatamente a usuária aos órgãos responsáveis pelo atendimento para quem está passando por situação de violência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A ideia vencedora do concurso Prêmio de Inovação, em agosto de 2021 partiu de uma estudante de Psicologia com o projeto Assistência Contra a Violência à Mulher, e em janeiro de 2022 o projeto passou a integrar a plataforma digital.








Você pode gostar