Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

CLDF na palma da mão

O cidadão agora pode acompanhar pelo celular todo o trabalho legislativo realizado CLDF. Para isso, basta usar o aplicativo PLE online

Por Mayra Dias 19/05/2022 6h28

“O principal propósito deste aplicativo é a aproximação da população com a CLDF”, comenta o deputado distrital e vice-presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), Rodrigo Delmasso. A partir desta quinta-feira (19), o cidadão pode acompanhar pelo celular todo o trabalho legislativo realizado na palma da mão. Para isso, basta usar o aplicativo Processo Legislativo Eletrônico (PLE) CLDF Online, que já pode ser baixado nas lojas dos sistemas IOS e Android.

De acordo com o parlamentar, que também é responsável por supervisionar as ações de modernização do Legislativo, a proposta segue um modelo semelhante à interação das redes sociais, e a população poderá entrar em contato com os autores do projeto, dar opinião, curtir e descutir o que está tramitando. “Isso é um avanço, pois as pessoas precisam participar do processo legislativo, pois é para elas que trabalhamos”, ressalta.

A nova ferramenta, desenvolvida pela Coordenadoria de Modernização de Informática (CMI), a pedido da Vice-Presidência da Casa, busca estimular a participação da sociedade e contribuir com a transparência das ações realizadas pela Câmara. O aplicativo permite acompanhar todos os projetos de lei em tramitação e ainda opinar sobre o conteúdo da proposta. Além disso, é possível personalizar seu uso, escolhendo acompanhar um representante, as proposições de interesse, os temas e até a região administrativa que o usuário quer acompanhar. Desta forma, a plataforma enviará notificações sobre qualquer novidade do seu interesse.

A população do DF poderá ficar de olho em todas as propostas relacionadas aos mais diversos assuntos, como meio ambiente ou questões fundiárias, por exemplo, e até mesmo com uma região administrativa. Para fazer o login, o cidadão precisa usar a plataforma federal “gov.br”, assegurando a entrada apenas de usuários únicos e verdadeiros, vinculados ao CPF.

Para Marcelo Herbert, coordenador da CMI, o lançamento do programa é motivo de celebração. “É um momento de orgulho para todos os servidores da Câmara Legislativa, pois consolida o principal produto que é feito nessa Casa”, anunciou. “Isso vai trazer muito mais transparência ao processo legislativo em tempo real, pois a população vai poder participar no momento em o processo está sendo construído”, acrescenta.

Segundo Marcelo, seja para seguir um deputado, um tema específico, uma região administrativa ou até uma determinada proposta, o usuário é informado de qualquer nova proposição e de toda a evolução no processo legislativo. “No site o acesso é passivo, já com o CLDF Online, você configura seu interesse e passa a receber a notificação, fazendo com que o processo seja ativo”, explica o coordenador.

Lançamento oficial

Na solenidade de lançamento do aplicativo, realizada no plenário às 10h de ontem, o vice-governador Paco Brito afirmou que tornar o trabalho realizado na CLDF mais transparente e acessível é fundamental para a democracia, visto que as decisões que saem dela têm impacto na vida de cada uma das pessoas que moram na capital. “Instalei o aplicativo e fiquei impressionado com tudo o que pode ser visto e acompanhado”, declarou. A transparência dessa casa será colocada à vista de todos, ficando claro que a CDLF tem uma qualidade ímpar”, completou o representante do Poder Executivo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No evento, a diretora do Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) Jovita Rosa sugeriu que o aplicativo vá ainda mais longe e facilite até mesmo a apresentação de projetos de iniciativa popular, proposta esta que já é permitida na CLDF, porém os procedimentos ainda não são digitais. “A CLDF é a nossa voz. O aplicativo deixa o cidadão mais próximo e, por isso, quero sugerir mais opções para a sociedade fazer projetos de iniciativa popular”, disse. A sugestão foi prontamente apoiada pelo deputado Delmasso, e o coordenador da CMI garantiu que a ferramenta pode ser preparada para essa função.

Seguindo esta ideia, o Controlador-Geral do Distrito Federal, Paulo Martins, afirmou que “esse aplicativo vai mudar a forma como essa Casa aprecia os seus projetos devido à manifestação da sociedade”. O titular também garantiu que a CGDF irá colaborar com sugestões para aprimorar ainda mais o aplicativo.

Por fim, Rodrigo Delmasso lembrou que a CLDF já possui outro aplicativo, chamado ‘Agora é Lei’, destinado a deixar toda a legislação do DF na palma da mão do usuário. Ele relembrou que há, ainda, outras iniciativas com objetivo de modernizar e conferir mais transparência às ações do Legislativo, como o painel eletrônico de votações, o Portal da Transparência e a implantação do SEI em todas as áreas administrativas. “Com as ações neste processo de modernização, a CLDF foi a primeira casa legislativa estadual a realizar sessão remota e totalmente informatizada, permitindo o funcionamento normal durante todo o período de pandemia”, afirmou o parlamentar. O vice-presidente ainda completou, afirmando que “nos últimos anos radicalizamos na transparência e nas ações de economia, viabilizando a devolução de quase R$400 milhões para o Executivo que foram aplicados em ações de combate à pandemia”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar