Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Buscas por Lázaro se concentram em Águas Lindas

Já são 20 dias de caçada ao criminoso. Polícia do Rio enviou equipamentos para ajudar nos trabalhos da força-tarefa

Foto: Reprodução

Willian Matos e Lucas Neiva
[email protected]

Nesta segunda-feira (28), vigésimo dia de buscas por Lázaro Barbosa, a força-tarefa se desloca para Águas Lindas de Goiás-GO. Lázaro pode ter sido visto em Itamaracá, zona rural da região. Há informações a serem apuradas pelas autoridades de que a ex-sogra do criminoso teria dado abrigo a ele por dois dias. Logo pela manhã, policiais estão percorrendo as ruas do município goiano.

Na tarde de sábado (26), um casal morador de Edilândia-GO informou que a chácara deles foi invadida durante a madrugada. O suspeito de cometer a invasão é Lázaro. Ao meio-dia, quando o caseiro chegou para alimentar os animais, percebeu que cadeado e a porta estavam arrombados e acionou os proprietários.

Na semana passada, policiais prenderam um fazendeiro e um caseiro que estariam acobertando o criminoso. O caseiro, Alain Santana, 33 anos, foi solto e decidiu colaborar com as investigações. Ele confessou que era ameaçado por Lázaro.

RJ envia equipamentos

Diante das dificuldades de comunicação que comprometem as buscas, a Polícia Militar do Rio de Janeiro (Pmerj) enviou à força-tarefa dois repetidores móveis de sinal de rádio. Os repetidores, instalados em duas caminhonetes, aumentam em 100km o alcance dos rádios utilizados pelos policiais civis e militares em campo.

A tecnologia ajuda a solucionar as dificuldades de comunicação da força-tarefa, tendo em vista que a ausência de sinal telefônico nos arredores da cidade já comprometia a atuação dos policiais desde o início da operação. A solução adotada até o momento era a utilização de rádios especiais emprestados pelo Exército, mas que se limitavam a 40 exemplares, menos da metade do necessário para atender toda a força-tarefa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar