Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Buscas por Lázaro chegam no 11º dia

Autoridades enfrentam dificuldades em localizar o homem acusado de matar uma família em Ceilândia (DF) e fugir para o Goiás. A ação ocorre nas proximidades de Girassol (GO)

Por Guilherme Gomes 19/06/2021 7h54
Foto: Lucas Neiva/Jornal de Brasília

Lázaro Barbosa, de 32 anos, mais um vez conseguiu se desvencilhar do cerco policial da força-tarefa e as buscas entram no 11º dia. Conhecido com o “serial killer do DF”, o procurado têm interferido na rotina dos moradores e trabalhadores de chácaras localizadas na região onde a polícia e seus 400 homens tentam capturá-lo.

Autoridades enfrentam dificuldades em localizar o homem acusado de matar uma família em Ceilândia (DF) e fugir para o Goiás. A ação ocorre nas proximidades de Girassol (GO), onde o pai de Lázaro mora. É um povoado que pertence ao município de Cocalzinho de Goiás. A cidade tem uma população estimada em pouco mais de 20 mil habitantes, segundo o IBGE. A reportagem percorreu alguns quilômetros de uma das estradas de terra que dá acesso às chácaras, dentro do perímetro onde as buscas se concentram. Logo se vê muitas delas estão vazias

Lázaro é suspeito de ter matado ao menos sete pessoas, desde 2007. Além disso, desde que assassinou uma família no Incra 9 (ceilândia), em 9 de junho, ele tem invadido e incendiado propriedades, ameaçado moradores e feito reféns. Na terça-feira (16), Lázaro teve a primeira troca de tiros com a polícia, desde o início da operação.

A Polícia Militar de Goiás e demais forças de segurança, estão empregando as mais diversas formas de policiamento nessa Operação, tais como a pé, com uso de cães, cavalos, drones e aeronaves, permanece implacável na busca pelo foragido de alta periculosidade que, em breve, será capturado, dando fim a uma série de ações criminosas e garantindo proteção e segurança a todos






Você pode gostar