fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

SP pode ter 470 mil casos e 23 mil mortes por Covid-19 até a metade de julho

O estado tem 13.953 internados com suspeita ou confirmação da doença, sendo 8.331 em enfermarias e 5.622 em unidades de terapia intensiva

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Patrícia Pasquini
São Paulo, SP

Segundo projeções do Centro de Contingência do Coronavírus, o estado de São Paulo pode ter entre 18 mil e 23 mil mortes por Covid-19 até a metade de julho, e 335 mil a 470 mil infectados.

Desde o início da pandemia até esta quinta-feira (2), o estado somou 302.179 casos da doença, de acordo com dados apresentados pelo secretário estadual da Saúde, José Henrique Germann, durante entrevista.

O número de infectados é 3,1%% maior que o registrado nesta quarta (1), quando chegou a 289.935. As mortes também tiveram alta, de 2,1%, passando de 15.030 para 15.351. A taxa de letalidade pela doença está em 5,1%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O estado tem 13.953 internados com suspeita ou confirmação da doença, sendo 8.331 em enfermarias e 5.622 em unidades de terapia intensiva. As taxas de ocupação de leitos de UTI estão em 64,1% no estado e 64,7% na Grande São Paulo.

Devido às altas taxas de ocupação e aumento de internações, os indicadores de Itaquaquecetuba (Grande São Paulo) foram reavaliados pelo centro de contingência e o município deverá retornar à fase vermelha.

Patrícia Ellen, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo anunciou uma modificação no funcionamento do comércio e shoppings nas regiões que permanecem na fase laranja.

O comércio poderá optar por funcionar seis horas nos dias úteis ou quatro horas por todos os dias da semana. A medida começará a valer no início da próxima semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhaPress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade