Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Prefeito acusado de estuprar pacientes é afastado por unanimidade 

A sessão na Câmara começou às 16h e teve a presença de 10 vereadores dos 11 convocados

Publicado

em

Da Redação
[email protected]

Nesta segunda-feira (15) ocorreu uma sessão extraordinária para discutir o processo que pode resultou no afastamento do prefeito José Hilson de Paiva (PCdoB). A sessão começou às 16h e teve a presença de 10 vereadores dos 11 convocados. O prefeito que também é médico ginecologista é conhecido como Doutor Hilson. Ele foi acusado de estuprar pacientes por anos.  

O prefeito foi expulso dos quadros do PCdoB na tarde desta segunda-feira. 

A Presidente da Câmara Municipal de Uruburetama, a vereadora Maria Stela Gomes Rocha diz que a notícia “abalou o município a nível nacional”. Ela afirma que a intenção inicial da sessão é abrir uma carta de moção de repúdio contra os atos do prefeito.

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará (Cremec) irá apurar o caso. De acordo com a lei nº 3.268, de 1957, que dispõe sobre os Conselhos de Medicinas, estão previstas cinco penas disciplinares para médicos que desrespeitarem o exercício da profissão. São elas: advertência confidencial em aviso reservado; censura confidencial em aviso reservado; censura pública em publicação oficial; suspensão do exercício profissional até 30 dias; e cassação do exercício profissional.

O caso virou pauta do programa Fantástico neste domingo (14). As vítimas afirmaram que só tiveram coragem de denunciar após a repercussão do material.

O G1 teve acesso a 63 vídeos, filmados pelo próprio médico, com as pacientes vítimas dos abusos. A reportagem ouviu seis vítimas em duas cidades e teve acesso a boletins de ocorrência. Hilson, de 70 anos, atendia em clínica particular e hospitais públicos.

Enquanto isso, o prefeito já começou o processo de negociação com os vereadores, e como aconteceu em episódios anteriores, a sessão marcada para hoje pode terminar sem nenhuma posição favorável a punição contra o médico.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade