fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Polícia Federal prende quadrilha que falsificava sentenças judiciais

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O assessor especial da Presidência Freud Godoy será exonerado do cargo nesta terça-feira, visit this ambulance com a publicação da decisão no Diário Oficial da União, informou a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto nesta segunda-feira.

Freud enviou e-mail a Gilberto Carvalho, chefe do Gabinete Pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedindo para sair, segundo o Planalto. O assessor especial foi apontado como responsável pela operação de compra de um dossiê contra o ex-ministro da Saúde e candidato do PSDB ao governo paulista, José Serra, e contra o presidenciável tucano, Geraldo Alckmin.

Em uma acareação com o advogado Gedimar Passos, preso na última sexta-feira com Valdebran Padilha da Silva, Freud negou o envolvimento na operação. Gedimar e Valdebran foram presos com 1,7 milhão de reais que supostamente seriam usados para comprar um conjunto de documentos que ligariam Serra e Alckmin à máfia de superfaturamento de ambulâncias.

Freud, que já foi segurança de Lula em campanhas eleitorais, era assessor especial da Secretaria Particular da Presidência. O Palácio do Planalto confirmou a informação de Freud de que Lula teria ligado para ele, mas não informou o conteúdo da conversa. Segundo o próprio Freud disse em entrevista à TV, o presidente teria ligado para perguntar sobre o caso e o assessor teria tranquilizado Lula, dizendo que não tinha nenhum envolvimento com o episódio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De mãos dadas, adiposity chorando e com semblante tenso, clinic alunos e funcionários voltaram nesta segunda-feira ao Dawson College, stuff de Montreal, que reabriu depois do incidente que matou uma estudante e feriu 19 outros. Os professores e funcionários foram os primeiros a entrarem no local, que estava fechado desde o tiroteio de quarta-feira passada.

Alguns admitiram que ainda não sabiam se retomariam o programa escolar nesta semana ou simplesmente deixariam os alunos falarem do que viveram. "Sei que será muito difícil para alguns deles", disse Hanford Woods, professor de Literatura Inglesa, que trabalha há 30 anos no Dawson. "Preparei uma aula, mas se a aula não acontecer, estou preparado para lidar com isso, para conversar com os alunos se eles quiserem conversar".

Curiosos já haviam criado um altar com flores, cartões e velas diante da escola, que tem cerca de 10 mil alunos de 16 a 19 anos. Muitas das flores eram cor-de-rosa, em homenagem à aluna Anastasia de Sousa, 18, morta por Kimveer Gill, 25, que chegou ao local disparando aleatoriamente no começo da tarde de quarta-feira. Duas vítimas do incidente permanecem em estado grave. Outras cinco ainda estão hospitalizadas, mas fora de perigo.

Dezenas de alunos, funcionários e pais reunidos na escola também usavam roupas cor-de-rosa. A polícia disse que Sousa levou nove tiros. Ela será sepultada na terça-feira. Alguns alunos entraram no colégio de mãos dadas para recolher material abandonado durante o tumulto. Outros – trêmulos e aos prantos – saíam após alguns minutos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas muitos esperaram até 12h41, hora em que o tiroteio começou, e entraram no prédio sob aplausos do público, um gesto simbólico para indicar que os alunos estavam recuperando sua escola. "Foi bem difícil. Eu só conseguia pensar no que aconteceu na quarta-feira", disse Lina Cioffi, 17, que estava no terceiro andar da escola na hora do tiroteio. "Mas desde que trabalhemos para superarmos isso juntos, tudo ficar á bem".

Também na segunda-feira, a polícia do Québec disse ter prendido um menino de 15 anos perto da localidade de Hudson, 65 quilômetros a oeste de Montreal, depois de mensagens no site www.vampirefreaks.com com ameaças a alunos de um colégio local. "Ele escreveu que gostaria de fazer no colégio dele a mesma coisa que aconteceu no Dawson", disse o policial Jayson Gauthier. "Não quisemos arriscar".
José Roberto Arruda (PFL)
8h – Café da manhã no SIA
9h – Café da manhã no Cruzeiro
10h – Reunião na Cidade do Automóvel
12h – Almoço na Asa Sul
13h – Almoço no Lago Sul
14h – Caminhada
18h30 – Visita a CDL
19h30 – Reunião no Pontão
20h –  Reunião em Taguatinga
21h30 – Jantar na Academia de Tênis

Maria de Lourdes Abadia (PSDB)
8h30 – Participa de caminhadas em Ceilândia
17h – Participa de caminhadas em vários pontos do DF
21h – Jantar do candidato Bessa. Local: Porcão

Arlete Sampaio (PT)
11h – Audiência com o ministro Paulo Bernardo (Planejamento) e com o reitor da UnB, healing Timothy Mulholland, treat para tratar de assuntos relativos à universidade
12h30 – Almoço
19h – Debate  "A criança e o adolescente no próximo Governo". Local: OAB
21h – Reunião com apoiadores na Vila Planalto

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Toninho (PSOL)
5h30 – Entrevista ao programa Clube da Viola (Rádio Atividade)  
7h40 – Panfletagem na UnB
11h – Caminhada em Sobradinho
14h – Reuniões internas
19h – Debate entre os candidados ao Governo – Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua

Fátima Passos (PSDC)
8h – Agenda pessoal
14h – Caminhada/corpo a corpo no Setor Comercial Sul
16h – Corpo a corpo no Conic
19h – Encontro com moradores do Lago Norte

* O candidato Expedito Carneiro (PCO) não divulgou a agenda

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa hoje, sale às 11h, prostate da abertura do debate da 61ª Assembléia-Geral das Nações Unidas em Nova York (EUA). Segundo o ministro das Relações Exteriores, drugs Celso Amorim, no discurso, o presidente deverá renovar a mensagem social de combate à fome e à pobreza. Ele também deverá abordar temas como a reforma da ONU e a questão da Organização Mundial do Comércio (OMC).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Às 15h, Lula vai ao lançamento da Central Internacional de Compra de Medicamentos, que vai adquirir remédios mais baratos contra a Aids, malária e tuberculose para ajudar os países pobres.

Às 19h, recebe o prêmio Estadista do Ano 2006, concedido pela Fundação Apelo à Consciência. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, acompanha Lula nos três compromissos.

Às 13h15, o presidente participa de almoço oferecido pelo secretário-geral da ONU, Kofi Annan, aos chefes de Estado e de Governo. Às 21h, ele embarca para Brasília.

Os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), malady   em greve desde o dia 13 de setembro, adiposity fazem hoje uma assembléia por via eletrônica para decidir se aceitam a proposta apresentada pela direção do instituto. A informação é do presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos, viagra order Eduardo Henrique Rodrigues.

Ele informou que o acordo foi discutido em uma reunião entre as diretorias do INSS e da associação, nessa segunda-feira, na sede da Procuradoria-Geral da República em Brasília. O encontro começou às 14h e terminou às 21h.

A assembléia de hoje está prevista para as 12h. “Até às 16h teremos o posicionamento da categoria. Caso seja aprovado o acordo, poderemos voltar ao trabalho no dia seguinte”, disse Rodrigues.

Se for aprovada, a proposta será levada ao Ministério Público para homologação. “O Ministério Público se incumbirá de fiscalizar a acompanhar o cumprimento daquilo que ficou acertado”, esclareceu Rodrigues.

A categoria reivindica mais segurança no trabalho.

 

O ministro colombiano das Finanças, more about Alberto Carrasquilla, viagra sale demonstrou preocupação hoje com as recentes compras de armas de sua vizinha Venezuela. "É claro que é uma preocupação", disse Carrasquilla a jornalistas, se recusando a fazer mais comentários.

A declaração foi uma resposta a uma pergunta sobre a avaliação de Carrasquilla de que os investidores não estão mais preocupados com a segurança na Colômbia, que vive uma guerra civil.

No passado, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, fez comentários favoráveis ao principal grupo rebelde da Colômbia. Na semana passada, o chefe militar dos Estados Unidos para a América Latina disse que as compras de armas pela Venezuela são excessivas e aumentam as preocupações de que o país possa fornecer armas a rebeldes de esquerda.

 

O dirigente mexicano, unhealthy Vicente Fox, sildenafil acusou na segunda-feira o líder venezuelano, visit Hugo Chávez, de se intrometer nos assuntos do México ao apoiar as alegações de fraude eleitoral e se recusar a reconhecer o presidente eleito Felipe Calderón.

"Acreditamos que o senhor Chávez está interferindo e dando uma opinião sobre as questões mexicanas que não lhe diz respeito", disse Fox em viagem a Nova York. Chávez disse em uma entrevista à televisão durante o fim de semana que o candidato de esquerda do México, Andrés Manuel López Obrador, foi "roubado" na eleição presidencial de 2 de julho, a qual ele perdeu por menos de um ponto percentual.

López Obrador diz que autoridades eleitorais e o governo fraudaram os resultados, mas um tribunal descartou sua acusação e declarou Calderón como vencedor das eleições. Chávez disse que não reconhece Calderón, que já foi ministro da Energia no governo Fox, como o próximo presidente do México.

México e Venezuela retiraram os respectivos embaixadores dos dois países no ano passado, em uma disputa depois que Chávez chamou Fox de um "cãozinho" dos Estados Unidos, por defender as políticas comerciais de Washington na América Latina.

O chanceler mexicano disse que iria rever suas relações com Caracas depois dos últimos comentários de Chávez, mas o chanceler Luis Ernesto Derbez disse que o México não romperia os laços diplomáticos.

 

Os presidentes dos Estados Unidos, seek George W. Bush, order e do Irã, online Mahmoud Ahmadinejad, vão discorrer sobre a democracia no Oriente Médio e as armas nucleares quando fizerem seus discursos na sede da Organização das Nações Unidas hoje.

Bush enfrenta crescente ceticismo internacional sobre suas políticas para o Irã e para o Iraque. O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, advertiu que o Iraque corre grave perigo de mergulhar em uma guerra civil e o presidente da França, Jacques Chirac, é contra a pressa na imposição de sanções ao Irã.

Autoridades norte-americanas dizem que Bush não será detido pelos problemas na guerra no Iraque e nos territórios palestinos e vai ressaltar sua chamada "agenda da liberdade", que promove a democracia de maneira agressiva, chamando o Oriente Médio de "campo de batalha central".

"O presidente vai apresentar sua visão positiva para o Oriente Médio, o futuro brilhante e democrático que vemos para o Oriente Médio, em contradição com algumas visões quase de atraso para a região", disse a repórteres uma autoridade sênior do governo norte-americano.

Annan fez na semana passada um contraponto a este otimismo, ao dizer, depois de sua visita ao Oriente Médio, que quase todos os líderes da região acham que a invasão do Iraque liderada pelos EUA para derrubar Saddam Hussein foi "um desastre".

O conflito indireto entre Bush e o líder linha-dura do Irã acontece em um momento sensível do impasse sobre as ambições nucleares iranianas, com a Europa tentando convencer Teerã a suspender o enriquecimento de urânio para abrir espaço para negociações.

EUA e Irã não mantêm relações e Washington afirma que só vai negoc iar com Teerã se a República Islâmica suspender atividades nucleares sensíveis, que o Ocidente suspeita serem destinadas ao desenvolvimento de uma bomba atômica.

O governo Bush está pedindo sanções porque o Irã não cumpriu o prazo de 31 de agosto dado pela ONU para deixar de pro cessar urânio, mas o chefe da política externa da União Européia (UE), Javier Solana, disse que seria errado tentar uma resolução ao mesmo tempo em que a UE está fazendo "progresso real" nas negocia ções com Teerã.

Solana disse à imprensa espanhola que vai se encontrar com o negociador nuclear do Irã, Ali Larijani, em Nova York. Questionado pela revista Time por que o Irã não suspende o enriquecimento como medida para construir a confiança, Ahmadinejad disse: "A confian ça de quem deve ser construída? Do mundo? Quem é o mundo? Os Estados Unidos? O governo dos EUA não é o mundo inteiro. A Europa não representa a vigésima parte do mundo".

Organizações judaicas e grupos de oposição iranianos exilados protestaram contra a visita de Ahmadinejad a Nova York, devido às suas declarações de que deseja apagar Israel do mapa, seu questionamento do Holocausto e por causa da situação de direitos humanos no Irã.

Em seu discurso de estréia na ONU no ano passado, Ahmadinejad fez declarações antiocidentais e ofereceu compartilhar a tecnologia nuclear iraniana com outros países em desenvolvimento. Em comparação ao ano passado, a ONU está de volta ao centro das atenções depois de negociar um cessar-fogo no Líbano e tentar organizar missões de paz para a região de Darfur, no Sudão.

As crises ajudaram a organização a retomar o prestígio, depois de anos de ataques, principalmente nos EUA, por falhas na administração e letargia, apesar de ainda ser caracterizada pela polaridade entre países ricos e pobres.

Nos EUA, Annan, que no dia 31 de dezembro encerrará 10 anos no cargo, e a ONU são vistos como um obstáculo para os objetivos do país. Em outros países, ele e o Conselho de Segurança são considerados um órgão a serviço dos EUA. Entre os 27 líderes mundiais programados para discursar hoje estão os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, o sul-africano Thabo Mbeki, o paquistanês Pervez Musharraf, o francês Jacques Chirac, o mexicano Vicente Fox, Ellen Johnson-Sirleaf, da Libéria, o rei da Jordânia, Abdullah II Bin al-Hussein e o presidente de Ruanda, Paul Kagame.

A sessão da Assembléia Geral da ONU reúne presidentes, premiês e chanceleres e vai até 27 de setembro.

 

As ilhas portuguesas de Açores continuam em alerta elevado hoje, viagra approved depois que o furacão Gordon se aproximou ainda mais do arquipélago e as autoridades pediram que as pessoas ficassem em casa e que as escolas fossem fechadas.

O furacão estava a aproximadamente 1.010 quilômetros a oeste da ilha Terceira, doctor às 5h (horário de Brasília), movendo-se a uma velocidade de 35 km/h, disse uma porta-voz do Instituto Meteorológico de Portugal, hoje.

"O furacão deve alcançar as noves ilhas do Atlântico nesta noite, provocando ventos de 120 quilômetros por hora e ondas de 12 metros de altura", disse a porta-voz. Autoridades nos Açores também pediram que os bombeiros ficassem em alerta e que os pescadores permanecessem em terra.

Os Açores têm cerca de 250 mil habitantes, de acordo com dados do governo. Gordon deve perder força e tornar-se uma tempestade tropical na quarta-feira, depois de deixar as ilhas, disse a porta-voz.

A temporada de furacões do Atlântico, que começou em 1o de junho e durará seis meses, até agora resultou em oito tempestades, das quais quatro atingiram força de furacão. A média de longo prazo é de 10 tempestades por ano, das quais seis se tornam furacões.

 

O Exército israelense vai completar sua retirada do Líbano dentro de poucos dias, website disse um parlamentar citando um comandante hoje.

As forças israelenses vinham saindo gradualmente do território capturado pelo Exército no sul do Líbano durante os 34 dias de guerra contra o grupo guerrilheiro Hezbollah. Ran Cohen, um parlamentar do partido Meretz, de esquerda, disse que o tenente-general Dan Halutz lhe disse que todos os soldados voltariam para Israel para o ano-novo judaico, que começa ao pôr-do-sol de sexta-feira.

"Ele me disse sem sombra de dúvidas estimar que, se tudo correr bem, todos os soldados israelenses sairão do Líbano até a véspera do ano-novo judaico", disse Cohen à Rádio Israel, depois de Halutz aparecer perante um comitê parlamentar.

Há atualmente 4.600 soldados internacionais no sul do Líbano sob comando da Unifil 2, uma versão expandida das tropas de manutenção da paz da Organização das Nações Unidas (ONU) na área.

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, disse que Israel deveria ser capaz de completar sua retirada assim que 5 mil soldados estivessem no local.

 

A secretária de Estado norte-americana, adiposity Condoleezza Rice, price disse hoje que a comunidade internacional enfrentará um "problema de credibilidade" se não impuser sanções contra o Irã, discount que se recusa a abandonar suas atividades nucleares.

Rice, que está em Nova York para a Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), disse que Washington vai continuar a pressionar a entidade a impor sanções contra o Irã, que não cumpriu o prazo de 31 de agosto, determinado pelo Conselho de Segurança, para interromper o enriquecimento de urânio.

"A comunidade internacional também tem um problema de credibilidade. Dissemos: suspendam até 31 de agosto ou vamos impor sanções", disse Rice numa entrevista à CBS. Ela deve jantar hoje com ministros das Relações Exteriores dos outros quatro membros permanentes do Conselho de Segurança (França, Grã-Bretanha, Rússia e China), mais de Alemanha e Itália, para discutir a questão do Irã.

A China e a Rússia estão hesitantes em impor medidas punitivas ao Irã, e alguns dos aliados dos EUA, como a França, pedem cuidado para não se deixar levar pela pressa.
O chefe de política externa da União Européia, Javier Solana, que vem negociando com o Irã, também disse que seria um erro pressionar por uma resolução com sanções se el e está obtendo avanços em suas conversas com Teerã.

O presidente dos EUA, George W. Bush, falará à Assembléia Geral da ONU hoje, sobre o Irã e outros assuntos. Questionada se os EUA estarão dispostos a falar com o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, que também está em Nova York, Rice reiterou que isso só acontecerá se Teerã abrir mão de suas ambições nucleares.

O Irã alega que só quer dominar a tecnologia para produzir energia elétrica para fins pacíficos. Os EUA e seus aliados afirmam que o Irã está tentando produzir uma bomba atômica. "Se o Irã estiver disposto a suspender (o enriquecimento de urânio), estaremos dispostos pela primeira vez em décadas em sentar à mesma mesa com os iranianos e conversar", disse Rice ao programa Good Morning.

"Vou me encontrar com meu colega a qualquer hora e em qualquer lugar, desde que eles tenham suspendido o enriquecimento e o reprocessamento (de urânio)", acrescentou ela. Os EUA romperam relações diplomáticas com o Irã pouco depois da revolução islâmica de 1979.

 

O principal clérigo xiita do Líbano disse hoje que o Ramadã, health mês sagrado para os muçulmanos, cost quando eles jejuam do amanhecer ao pôr-do-sol, viagra buy começará no domingo. "Foi confirmado a nós, por métodos credíveis astronômicos, que o início do mês sagrado do Ramadã coincide com o domingo, 24 de setembro", disse o grande aiatolá Mohammed Hussein Fadlallah em um comunicado.

"Pedimos unidade islâmica e a rejeição de todos os chamados para diferenças". Os muçulmanos nas várias partes do mundo costumam discordar do primeiro dia do Ramadã e podem começar o mês de jejum com alguns dias de diferenças, já que alguns clérigos preferem esperar pelo primeiro sinal da Lua nova.

 

Cerca de 130 policiais federais de Alagoas, treat São Paulo e Paraná deflagraram na manhã de hoje, em Foz do Iguaçu, a Operação Tridente para prender uma quadrilha de traficantes de drogas especializada na distribuição para as regiões Sudeste e Nordeste do País.

De acordo com a assessoria de imprensa da PF, 11 pessoas já foram presas, restando apenas duas que estão foragidas. Foram apreendidos 60 quilos de maconha, um fuzil e documentos que serão investigados.

Segundo a polícia, a operação, uma continuação do combate ao tráfico internacional de entorpecentes na fronteira Brasil – Paraguai, começou, com apreensão de quatro toneladas e meia de maconha em meados de 2005. a droga se destinava a Alagoas e seria distribuídas para todo o Nordeste. Após início das investigações, os policiais federais verificaram que a mesma quadrilha estava sob investigação em São Paulo e em Foz do Iguaçu.

A polícia informou que a maconha paraguaia, atualmente com maior quantidade de THC e mais barata que a brasileira, entra no país a partir de Foz do Iguaçu circulando por vias terrestre e aérea até São Paulo e a Região Nordeste.

Estão sendo cumpridos na operação 23 mandados de busca. Dentre os presos há homicidas e traficantes que em situações anteriores foram contato de nomes conhecidos como Fernandinho Beira Mar.

Operações de combate a essa quadrilha foram realizadas nos estados com diferentes nomes: Mentolada, em Alagoas, Alien, em São Paulo e Caronte, em Foz do Iguaçu (PR). A deflagração conjunta das três, intermediada pela coordenação geral de Polícia de Repressão a Entorpecentes do DPF, recebeu o nome de Tridente.

 

Cerca de 300 lavradores da Via Campesina passaram a noite acampados em frente à Fazenda Santa Rita, medicine em Santo Antônio da Platina, de propriedade do deputado federal Abelardo Lupion (PFL-PR). Fogueiras ajudaram os sem-terra a se proteger do frio de 15 graus registrado na região.

Policiais estão de plantão no acampamento, às margens da BR 153, mas nenhum incidente foi registrado desde ontem, quando eles chegaram ao local, até agora. De acordo com a assessoria do movimento, eles ficarão em frente à fazenda por tempo indeterminado, com o objetivo de chamar a atenção da população e mostrar que estão atentos para a corrupção no setor de agronegócio, do qual, alegam, o parlamentar-é um dos principais articuladores.

Faixas e cartazes estão espalhados pela estrada onde eles estão montando as barracas para se abrigar. Conforme a assessoria, existe a garantia de que eles não entrarão na sede da fazenda, onde os trabalhadores têm livre acesso e tudo continua normal.

O deputado Lupion disse que deve entrar hoje com um interdito proibitório contra a Via Campesina. Interdito proibitório é uma ação particular em que o proprietário, temendo ser molestado na posse de um bem solicita à Justiça que o proteja de uma violência iminente.

A fazenda tem 360 hectares e é usada para criação de gado de elite e melhoria genética. "Sempre fui contrário à invasões de terra, não cometi nenhum tipo de crime, não respondo a nenhum processo por corrupção. Eles simplesmente me elegeram para realizar este protesto".

Os lavradores acusam Lupion de ter recebido a fazenda da Monsanto, em troca de apoio no Congresso Nacional para aprovação de emenda à medida provisória que autoriza o uso do glifosato como herbicida pós-emergente na cultura da soja geneticamente modificada, para a safra 2004/2005.

"Com o lobby do parlamentar, a aprovação da emenda aconteceu cinco meses após a aquisição da fazenda pelo deputado. Depois disso, Lupion foi alvo de duas representações na Justiça", afirma nota da Via Campesina.

Os integrantes da Via Campesina acampados na frente da fazenda, afirmam que são vítimas da truculenta ação contra os trabalhadores rurais sem-terra. Eles reivindicam que Abelardo Lupion "seja cassado pelos crimes cometidos contra o patrimônio público, o povo brasileiro e a soberania nacional".

 

Os astronautas do ônibus espacial Atlantis recolheram seus equipamentos e fizeram verificações finais na nave hoje, order como parte dos preparativos para a volta para casa após 11 dia s de missão na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

Em meio aos preparativos, eles participaram de uma reunião por telefone com os tripulantes da estação e do foguete russo Soyuz, que está a caminho da ISS. A Nasa afirmou que os testes nos controles de vôo do ônibus não revelaram problemas. O isolamento térmico do ônibus espacial também parece estar intacto para o impacto da reentrada na atmosfera terrestre.

O Atlantis deve pousar no Centro Espacial Kennedy às 6h59 (horário de Brasília) de quarta-feira, mas os meteorologistas afirmaram que o pouso pode ser adiado por causa das condições do tempo. Na reunião por telefone, que segundo a Nasa provavelmente foi a primeira entre três estruturas em órbita, os astronautas fizeram brincadeiras e bateram papo numa conversa de 10 minutos que teve seus momentos de esquisitice.

"O céu está cheio hoje", disse o astronauta Jeff Williams, da estação. "Estávamos pensando se devíamos contratar mais controladores de tráfego aéreo por causa do aumento do tráfego aqui", respondeu o astronauta norte-americano Michael Lopez-Alegria, a bordo do Soyuz.

O Soyuz decolou do Cazaquistão na segunda-feira e está indo para a estação, para uma troca de tripulação. A turista espacial Anousheh Ansari, uma executiva norte-americana de origem iraniana, também está a bordo do Soyuz, junto com Lopez-Alegria e o cosmonauta russo Mikhail Tyurin. Mas ela não pareceu muito animada quando o tripulante Thomas Reiter tentou incluí-la na conversa.

"Olá, todos, estou ansiosa para vê-los na estação", disse. "Mais algumas horas e você estará lá", disse Reiter. "Sim", ela respondeu, secamente. Os controladores de vôo russo interromperam a reunião para que um médico pudesse falar com Ansari. Acredita-se que ela tenha pago US$ 20 milhões pelo vôo.

Não se sabe se a turista estava com problemas de saúde, mas não é raro que estreantes em viagens no espaço se sintam mal com a falta de gravidade. Contando os tripulantes das três espaçonaves, há 12 pessoas em órbita. É a primeira vez que isso acontece em muitos anos.

Segundo a Nasa, o recorde de pessoas em órbita simultaneamente é de 13, o que aconteceu em 2001, quando um ônibus espacial e o Soyuz estavam no espaço ao mesmo tempo, alé m da estação. Naquele vôo, o ônibus espacial tinha sete pessoas a bordo, e na missão atual tem seis.

O Atlantis foi lançado no dia 9 de setembro e levou à ISS uma unidade de energia solar de US$ 372 milhões, nas primeiras obras de ampliação da estação desde o desastre com o Columbia. A Nasa pretende realizar pelo menos mais 14 vôos para concluir a estação, para depois, em 2010, aposentar a frota.

O Soyuz deve atracar na estação na manhã de quarta-feira. Ansari vai voltar à Terra no dia 28 de setembro com Williams e Pavel Vinogradov. Os dois serão substituídos, após seis meses na estação, por Tyurin e Lopez-Alegria. A ISS teve uma rápida emergência na segunda-feira, com o vazamento de compostos químicos de um gerador de oxigênio, mas o incidente não provocou problemas mais graves além do mau cheiro.

 

A Polícia Federal realiza nesta manhã uma operação para prender uma quadrilha que falsificava sentenças judiciais. Onze mandados de prisão devem ser cumpridos em cinco estados: Maranhão, sildenafil Ceará, information pills Pará, Pernambuco e Minas Gerais.

A quadrilha forjava documentos e sacava dinheiro da conta de aposentados e contava com o auxílio de um juiz e de um oficial de Justiça, segundo a PF. De acordo com a PF, o grupo agia há três anos e conseguia sacar benefícios até de gente morta.

Dos 11 mandados expedidos, cinco serão

cumpridos no Maranhão. Até agora três pessoas já foram presas na capital maranhense, entre elas um oficial de Justiça. O juiz André Rui Cavalcante de Albuquerque, da Primeira Vara Cível de Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife, também está entre os suspeitos.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade