fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Operação Verde Brasil é prorrogada para 2021

Conforme o texto, o emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) teve sua vigência prorrogada até 30 de abril de 2021

Avatar

Publicado

em

Fotos: Divulgação/ Ministério da Defesa
Fotos: Divulgação/ Ministério da Defesa
PUBLICIDADE

Portaria de Número 3.693 do Ministério da Defesa (MD) publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (12) regula continuidade do emprego das Forças Armadas na Operação Verde Brasil 2. Conforme o texto, o emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) teve sua vigência prorrogada até 30 de abril de 2021.

Sob coordenação do Ministério da Defesa, a atuação dos militares ocorre em ações subsidiárias na faixa de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos Estados da Amazônia Legal.

As Forças Armadas atuam em conjunto com a Polícia Federal, Policia Rodoviária Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), Força Nacional de Segurança Pública, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

Operação Verde Brasil 2

A Operação Verde Brasil 2, deflagrada em 11 de maio de 2020, combate aos focos de incêndio, desmatamento e garimpo ilegal. A região que recebe apoio, denominada Amazônia Legal, abrange 5 milhões de quilômetros e inclui os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A missão é coordenada pelo Centro de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa e conta com o apoio do Comando Conjunto Norte (CCjN), do Comando Conjunto Amazônia (CCjA), do Comando Conjunto Oeste (CCjO) e do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), da FAB.

Com informações do Ministério da Defesa




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade