fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Fake news: professora que pediu militares nas ruas é empresária brasiliense

Em postagens nas redes sociais, a mulher chamou ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de “bandidos de toga”

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

A mulher que monopolizou a atenção do presidente Jair Bolsonaro na manhã dessa quinta-feira (2), na Saída do Palácio da Alvorada, pedindo militares “nas ruas” para que as atividades sociais voltassem ao normal e o isolamento fosse suspendido não é apenas professora, como ela afirma. 

A mulher, na realidade, é aposentada, dona de uma grande empresa em Brasília, a ABZ caligrafia. Em uma rápida busca pelas redes sociais de Fátima Montenegro, a mulher que aparece no vídeo, possibilitou ver que ela chamou ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de “bandidos de Toga”. A mulher, entretanto, deletou todas as suas contas. 

Veja o vídeo do momento no Palácio da Alvorada:

 


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade