Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Da CLT ao milhão

Saiba como fazer a transição de funcionário para um empreendedor de sucesso com o empresário Raul Maia

Por Daiany Nasteoli 27/01/2023 4h51
Foto: Divulgação

Um ano novo se inicia e, com ele, um novo governo e várias aspirações dentro de muitas mentes. Quem trabalha como CLT e sonha com a liberdade e independência de ser dono da própria empresa começa a pensar ainda mais nisso. Porém, são poucos os que chegam a realizar esse desejo. A preocupação mais comum é: vale a pena deixar a carteira assinada para investir num projeto?

Há diversos fatores importantes que devem ser pensados e feitos antes de tomar tal decisão. É por isso que pessoas que obtêm êxito nos negócios estão aí para mostrar que é possível alcançar seus objetivos, seja lá qual for seu ponto de partida. Muitas lições podem ser tiradas e muitos erros podem ser evitados — especialmente o de desistir ou até mesmo o de tentar!

Para este artigo, conversei com o empresário Raul Maia, proprietário da Consult Mídia, empresa de soluções em Tecnologia da Informação com sede em Brasília. Maia detalhou à coluna as etapas desde o pedido de demissão até a abertura do próprio negocio.

“Para ser um empresário de sucesso é preciso acreditar na sua capacidade de liderança, estar motivado, ter disposição e capacidade de planejar para o longo prazo e maximizar seu desempenho no curto prazo. O bom empresário é aquele que analisa, identifica, define, decide e monitora o desempenho do seu negócio, que descobre armadilhas e insere novos rumos em busca de resultados eficazes”, explica Raul Maia.

Confira o bate-papo:

Sucesso!: Quando você se tornou empresário?
Raul Maia: Abri a Consult Mídia há exatamente dez anos, em 24/01/2013. Eu trabalhava como CLT desde 11/09/2006 — me recordo desta data porque foi há exatos cinco anos após o atentado às Torres Gêmeas. Porém, a minha transição se perdurou até meados de março de 2014, quando decidi definitivamente pedir demissão, e foi somente após entender que se eu não focasse de verdade no meu negócio ele nunca iria crescer.

Na sua opinião, qual o primeiro passo para quem deseja fazer essa transição?
É preciso ter um sonho e um propósito muito claros. A experiência prévia com o serviço ou produto a ser oferecido é importante, mas se a pessoa não tiver objetivos bem definidos, fatalmente irá desistir no meio do caminho!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em segundo lugar, é um ponto óbvio, mas vale ressaltar: se você vai começar um negócio, é importante que já possua algum conhecimento prévio daquele ramo, dos possíveis fornecedores, dos concorrentes, do perfil do seu cliente, das dores e necessidades daquele público. Por mais que você esteja iniciando algo novo, é fundamental que não esteja começando do zero e que já traga consigo uma bagagem e conhecimento adquiridos durante os anos de CLT. E entenda que a expressão CLT não significa simplesmente a modalidade de contração, mas sim uma experiência como prestador de serviço, seja autônomo, servidor público ou qualquer outro tipo de carreira.

E o que fazer antes de deixar a CLT e dar este primeiro passo?
É essencial que você tenha se preparado e construído uma estrutura financeira mínima, para se manter por pelo menos seis meses. No meu caso, eu fiz uma economia suficiente para manter a minha família por um ano, que acredito ser o indicado para suportar essa decisão. A partir daí, deverá estipular um prazo para que o seu negócio comece a caminhar, e para isso precisará ter uma meta clara e objetiva. Você deve saber quando deve ter clientes e algum nível de fluxo de caixa.

Abandonar a CLT sem uma estrutura financeira para suportar essa decisão acaba sendo uma medida irresponsável, não só com você, mas com toda sua família. Se quer empreender, também é importante ter um plano de negócios bem estruturado. Sem isso, você apostará às cegas, movido apenas por impulsos emocionais e nenhuma razão. E esse é um momento para ser o mais racional possível, buscar conhecimento e orientação.

Depois de trocar a CLT pelo ramo empresarial, qual o segundo passo?
Conhecimento de mercado, parcerias e estudar muito, se capacitar ainda mais; frequentar eventos de empreendedorismos, fazer partes de grupos de networking. Isso fará toda a diferença ao seu negócio. Antes de se aventurar em empreender é importante que você tenha um bom conhecimento de mercado e, antes de tudo, dos players envolvidos para buscar parcerias e colaborações. Quanto menos sozinho você iniciar, mais fácil será. Desbravar um mercado desconhecido sem nenhum parceiro requer muito tempo e energia, mas contar com pessoas dispostas a lhe ajudar pode diminuir muito a sua carga de trabalho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se você fosse apontar um fator de sucesso da sua empresa hoje, qual seria?
Certamente são os modelos de agilidades implementados, desde os serviços prestados ao desenvolvimento de um produto de software. Essa prática garante o impulsionamento de uma verdadeira transformação digital dentro de uma organização. A tecnologia congrega tendências tecnológicas cada vez mais em uso e necessárias em nosso dia a dia, como a Inteligência Artificial (IA), Blockchain, Realidade Aumentada, IoT, Tecnologias Imersivas, Espaços Inteligentes e diversas outras tecnologias.

Qual a dica final aos leitores empreendedores?
Busque saber como é o dia-a-dia de um empreendedor. Digo isso para que você tenha uma visão mais clara do que faz este profissional. Lembre-se que, até então, você esteve no papel de empregado. Muitos querem empreender, mas não estão dispostos verdadeiramente a pagar este preço. Quem é dono do próprio negócio trabalha mais de doze horas por dia, não tem fim de semana, não tem férias ou décimo terceiro, não tem renda garantida no mês seguinte. Em geral, a visão do empregado é passiva, você senta lá e espera que alguém te diga o que fazer. Isso, contudo, é o oposto da visão e da rotina de um proprietário/criador. Ninguém chegará até você para dizer o que fazer.

A Consul Mídia é uma empresa focada em soluções e serviços de Tecnologia da Informação, com foco em transformação digital e evolução contínua. Atua no desenvolvimento, implantação, automação e integração de soluções tecnológicas. Um importante provedor de soluções para os setores público e privado, ajudando empresas dos mais diferentes segmentos e portes a desenvolver e implantar projetos de Inteligência de Negócios – BI e Data Discovery.

É, meus amados leitores, não é rápido, fácil ou leve tentar construir uma carreira sólida através de muito trabalho e dedicação como a do Raul. É preciso, sim, abrir mão de muitas coisas para se chegar ao topo. Para encarar o empreendedorismo sem ter herdado uma empresa altamente lucrativa, começando de maneira humilde e sem herança, é preciso ter resiliência e ressignificar muita coisa. Precisa querer de verdade, porque esse compromisso não se restringe a palavras, exigindo também atitudes diárias. Muito obrigada pela sua contribuição, Raul, e parabéns pela carreira vitoriosa e por encorajar outras pessoas a traçar o mesmo caminho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Grandes revoluções acontecem quando saímos do convencional, trazendo inovação e novas visões e utilidades. Eu acredito que o sucesso de qualquer ser humano depende do que você é e do que se torna no caminho, não somente do que você faz. Mudanças acontecem em nossas vidas quando decidimos nos conhecer para tomar uma atitude e correr riscos. O empreendedor/empresário é aquele que sabe identificar as oportunidades e transformá-las em uma organização lucrativa. E lembrem-se sempre: não somos vítimas do destino, mas criadores da nossa própria vida. Quando você muda, tudo muda!






Você pode gostar