Siga o Jornal de Brasília

Sem Firula

Por aí…

Publicado

em

PUBLICIDADE

Futebol por aqui? Só na segunda quinzena de janeiro (claro que falo de futebol profissional, afinal, a Copa São Paulo de Juniores começa dia 2 de janeiro).

Enquanto isso, temos o Mundial de Clubes, nos Emirados Árabes (sem representante brasileiro) e os diversos campeonatos na Europa. Torneios que nos acostumamos a ver e vibrar desde que as emissoras ditas fechadas entraram em nossas vidas.
Neste fim de semana, é claro, não foi diferente.

Não é mais estranho ouvir que teremos o “clássico londrino” ou “o duelo de gigantes alemães”. Nada disso.

Aí, começamos a estranhar algumas situações.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como explicar que o poderoso Bayern de Munique está apenas na terceira colocação do Campeonato Alemão, nove pontos atrás do Borussia Dortmund?

É ou não é para estranhar.

Mal comparando, seria ver o Corinthians lutando para classificar-se no Campeonato Paulista num grupo liderado pela Ponte Preta e com o São Caetano em segundo lugar.

Não quero, com a citação anterior, fazer qualquer tipo de crítica à Macaca ou à equipe do São Caetano, apenas mostro como andam as coisas pelas terras germânicas.

E na Itália?

Bem, a Itália parece sofrer de um processo gravíssimo de espanholização – que tanto tememos acontecer por aqui.

A Juventus, com Cristiano Ronaldo, já está oito pontos à frente do Napoli, vice-líder. E com 14 pontos de vantagem sobre a Internazionale de Milão, que está em terceiro.

Com sinceridade, dá para pensar que Borussia Dortmund e Juventus perderão os títulos nacionais?

O leitor acha essas situações ruins?

Então veja o que acontece na França.

Mesmo com dois jogos menos que o Lille, vice-líder (os tumultos que têm acontecido em todo o país forçaram o adiamento de duas partidas), o Paris Saint-Germain está com dez pontos à frente do vice-líder.

Se vencer as duas partidas atrasadas, abre 16 pontos. Um absurdo!

Nos dois outros gigantescos campeonatos europeus, pelo menos, há briga.

Na Espanha, o Barcelona lidera, mas com três pontos de liberdade diante de Sevilla e Atlético de Madri.

O Real Madrid, que está nos Emirados Árabes pensando no Mundial, vem em um modesto quarto lugar, cinco pontos atrás da equipe catalã.

Mas na Espanha tem jogo.

Como tem, também, na Inglaterra.

Apesar do Manchester United, um dos gigantes locais, vir caindo pelas tabelas, Liverpool e Manchester City têm apenas um ponto a separá-los.

O time da terra dos Beatles detonou o United neste fim de semana, provando ao City que quer, sim, e muito, o título nesta temporada.

Temporada que vê o Chelsea em quarto lugar, oito pontos atrás do líder e com o Tottenham à sua frente.

Difícil no Reino Unido é explicar como o Fulham, depois de investir 100 milhões de libras esterlinas (quase R$ 600 milhões), ocupa a lanterna com apenas nove pontos ganhos.

Coisas do futebol…

Enquanto esperamos o resultado do sorteio da Libertadores, realizado na noite desta segunda-feira, verificamos que o emparelhamento das oitavas-de-final da Liga dos Campeões indicou vários duelos entre alemães e ingleses.

E foi cruel justamente com o Bayern de Munique, que enfrentará o Liverpool. Outro duelo Inglaterra/Alemanha reunirá Manchester City (favorito) contra Schalke 04. No confronto Borussia Dortmund x Tottenham, não há favoritos.

Mas sobre isso falamos depois…


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade