Siga o Jornal de Brasília

Playground

Espaço rural interativo A Fazendinha vai até maio

Publicado

em

Publicidade

Para resgatar tradições rurais, Brasília receberá a segunda edição do projeto “A Fazendinha”. O espaço contará com uma área de mil metros quadrados no TaguaParque, em Taguatinga; e mais de 60 animais vindos diretamente da fazenda. A iniciativa, segundo a organizadora do evento, a publicitária Jorcyane Lima, tem o intuito de aproximar as crianças da vida no campo. As inscrições custam R$ 40 e deverão ser feitas presencialmente, atrás da primeira cascata do TaguaParque, onde foi montada a estrutura de “A Fazendinha”. O evento segue aberto ao público até o dia 20 de maio, durante todos os finais de semana, das 8h às 18h. Nos dias úteis, a programação será dirigida ao agendamento de escolas das redes pública e privada de ensino.

“A ideia da Fazendinha é fazer com que as crianças interajam com diferentes animais. Eu cresci na Fazenda Três Marias, no Gama, onde sempre tive contato com a vida rural. Com o tempo, as pessoas perderam a conexão com o campo e se tornaram totalmente urbanas, o que é lamentável, já que as nossas raízes são majoritariamente rurais”, conta a empreendedora.

A primeira edição foi realizada ano passado, no Estacionamento 6, do Parque da Cidade, e contou com a presença de 10 mil crianças. Para 2019, a expectativa é de que 15 mil pessoas passem pelo local para contemplar e aprender mais sobre os animais. “Essa interação permitirá uma nova visão infantil acerca dos bichos. O contato é fundamental para que seja possível fixar os temas que iremos trabalhar: desde o surgimento desses animais até mesmo a forma que eles devem ser tratados”, antecipa Lima.

A estrutura de “A Fazendinha” envolve, ao todo, 30 profissionais, entre pedagogos, veterinários e instrutores. Haverá, ainda, a possibilidade de agendamento para visitas guiadas em inglês, para escolas que desejem este formato. O preço, no entanto, será um pouco superior ao cobrado normalmente.

Este tipo de visitação vai contar com a presença de professores nativos das Filipinas para realização do ‘Tour Bilíngue’. Com os profissionais estrangeiros, o encontro será marcado pela educação e pela interação com outras culturas para abordagem da vida animal.

“É importante lembrar que os bichos presentes estão acostumados com o contato humano, isto é, são mansos e adaptados às crianças”, explica.

Entre os animais presentes, já é garantida a presença de galinhas; pavões; patos; marrecos; cabras; cavalos; éguas; ovelhas; bezerros; touros; pôneis; pintinhos; codornas; porcos; pombos; coelhos e até mesmo porquinhos da índia. Todos os bichos terão acompanhamento de profissionais. Além disso, a estrutura do evento contará com lonas para proteger os animais dos ruídos das ruas, evitando, assim, maior estresse.

Programação – O primeiro dia do evento contará com atrações especiais que vão desde pinturas de rosto até a entrega de lembrancinhas para o público. Haverá, ainda, durante todos os dias da programação, uma lanchonete exclusiva de “A Fazendinha” com fogão à lenha, oferecendo café colonial, almoço e lanches típicos da roça, ao longo de todo o dia.

Um dia antes da abertura oficial, a fazenda interativa do TaguaParque receberá o Centro de Ensino Especial de Deficientes Visuais, da Asa Sul, com 80 alunos que terão a oportunidade de ter contato com os animais. “Queremos estimular o contato, a interação e a acessibilidade”, explica a organizadora.

Pacote – “Ao contrário do que normalmente a gente vê por aí, os adultos têm entrada liberada em nosso evento, desde que acompanhados de seus filhos”, brinca a empresária. Pais com três filhos pagarão R$ 75; e com quatro, R$ 100.

Entre as atrações, estão previstos rodeio com touro mecânico, nos dias 13 e 14 de abril; e coleta de ovos, em alusão à Semana da Páscoa, nos dias 20 e 21 de abril.

No segundo semestre, a terceira edição de “A Fazendinha” volta para o Parque da Cidade, no mesmo Estacionamento 6. A atração está prevista para o período de 5 de agosto a 20 de setembro.

Sobre a Fazendinha – Rica e inovadora, “A Fazendinha” tem por objetivo despertar o desenvolvimento cognitivo e afetivo de crianças entre 0 e 15 anos quanto ao conhecimento e convívio com animais. Por meio de uma ampla estrutura num “pedacinho da roça” no meio da cidade, as crianças estarão imergindo nesse contexto, aprendendo mais sobre como os animais nascem, se alimentam, onde vivem, como se deslocam, dentre outras teorias.

A FAZENDINHA
Quando: Até 20/5
Onde: TaguaParque
Quanto: R$ 40 por visitante ou valores especiais para pais com mais de 3 filhos (não há meia entrada para estudantes)
Horário: Das 8h às 18h
Agendamento para escolas: 61 99668-0478


Você pode gostar
Publicidade