Siga o Jornal de Brasília

Marcelo Chaves

Coluna Marcelo Chaves

A sexta-feira passada foi de movimentação intensa no Congresso Nacional, com a posse dos parlamentares que assumiram mandatos no Senado e na Câmara dos Deputados. Uma parte estreando, outra se reelegendo e alguns no meio do mandato como senador. A coluna, atenta, conferiu a movimentação e mostra quem se destacou nas cerimônias de posse, bem como o que esperam para os anos seguintes de mandatos.

FLÁVIA ARRUDA – deputada

Ex-primeira-dama Flávia Arruda estreia como parlamentar representando o Distrito Federal na Câmara dos Deputados. Com um aplaudido trabalho voltando para as mulheres e para a população carente de Brasília, ela recebeu muitos cumprimentos na cerimônia da última sexta-feira, no Congresso Nacional. “O Brasil pede mudanças urgentes e fico muito feliz em poder participar deste momento de renovação. Quero agora dedicar o meu trabalho, a minha garra e a minha disposição para as pessoas que mais precisam neste momento. Este é um mandato de todos nós”, disse.

FERNANDO COLLOR – senador

Na foto com a mulher Caroline, na posse presidencial do dia 1º de janeiro, o senador Fernando Collor também marcou presença na última sexta-feira, na posse dos novos senadores no Congresso, sendo um dos mais cumprimentados. Eleito por Alagoas, o ex-presidente da República e atual senador está no meio do mandato que é de oito anos, faltando ainda quatro para o término. Para a coluna, Fernando Collor disse: “Serão quatro anos que encaro com muita confiança e renovadas esperanças”. Na ocasião, Collor foi candidato à presidência do Senado, que teve o senador estreante Davi Alcolumbre como escolhido.

 

ISRAEL BATISTA – deputado

Em seu primeiro mandato como deputado federal pelo DF, o ex-distrital professor Israel disse que pretende trabalhar para levar oportunidades para jovens que sonham com um futuro melhor por meio da educação. Ele também fez uma crítica a estrutura da Casa. “Chamou a atenção o fato do plenário da Câmara dos Deputados não ter assentos suficientes para todos os parlamentares. Aquela cena com lotação máxima, meio caótica, é real. Um desrespeito com o legislativo e um sintoma claro de que não levamos a sério as nossas instituições. E as pessoas não levam a sério quem não se leva a sério”, destacou.

IZALCI LUCAS – senador

A posse Izalci Lucas no Senado, ocorreu como esperado. Mas quem roubou a cena foi a sua neta Sophia, de 2 anos. Ela entrou no plenário da Casa, cantou, dançou e interagiu com vários senadores. Só recebeu elogios. Já sobre os seus planos no Senado, Izalci, que sempre trabalhou em favor da educação, destacou: “Sempre defendi a educação porque foi ela quem me deu tudo o que tenho, mas é preciso voltar as atenções para outras áreas. Vou trabalhar muito e quem me conhece sabe que não vou descansar enquanto a nossa Brasília, não se tornar uma referência para todo o Brasil”, afirmou.

 

CELINA LEÃO – deputada

Pela primeira vez na Câmara Federal, a deputada Celina Leão, que cumpriu dois mandatos pelo DF na Câmara Legislativa como uma das parlamentares mais atuantes, marcou presença na posse da Congresso acompanhada pelo pai, Abraão Hizim. “Acredito que o Brasil precisa e vai mudar. Eu quero ajudar a construir o país que o povo espera e merece. Sempre fui firme nas minhas posições e acredito neste novo momento. A minha história de luta e posicionamentos será fundamental para a construção do Brasil que sonhamos”, comentou Celina, logo após a cerimônia de posse, que lotou o plenário e os salões da Câmara dos Deputados.

IRACEMA PORTELLA – deputada

Eleita pelo estado do Piauí para mais um mandato como deputada federal, Iracema Portella estava acompanhada da filha Cynthia na posse, com quem aparece na foto. Sobre os próximos quatro anos de trabalho, ela diz: “O que todos esperamos é que o Brasil retome o crescimento, que a economia se fortaleça. Meu compromisso é trabalhar por isso e também me dedicar a pautas que sempre considero prioritárias: os direitos das mulheres, o desenvolvimento dos municípios com a diminuição da pobreza e das desigualdades sociais e o enfrentamento das drogas, que é uma missão que assumi desde o primeiro mandato e faço questão de continuar”.

Você pode gostar
Publicidade