fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Histórias da Bola

Gama exterminador de urubu

A primeira vez foi na toca do desafeto; a segunda, em casa. Quem imaginaria que, um dia, o Gama fosse ao Maracanã e batesse o Flamengo?

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução/YouTube
PUBLICIDADE

Pois bateu! –  2 x 1, na tarde do domingo 30 de setembro de 2001. E repetiu a dose em gamados candangos, no 28 de agosto de 2002, no Serejão.

As duas pugnas valeram pelo Campeonato Brasileiro da Série A. Vencendo no Rio de Janeiro, o Periquitão ficou a seis vitórias, em 13 partidas, de garantir-se na elite do futebol canarinho da temporada seguinte. Daquele vez, a rapaziada esteve mais concentrada, sem  bobeiras defensivas, como em jogos anteriores. Subu da 26º par a 24º colocação, com a sua primeira vitória fora de casa naquele Brasileirão.

Para detonar o Urubu, o treinador gaúcho Cláudio Duarte armou a moçada no 3-5-2, com os zagueiros André Figueiredo, Jairo e e Nen construindo uma autêntica muralha humana que conteve as investidas rubro-negras.

 Aos 17 minutos, o Gama surpreendeu o “Maraca”. O meia Luís Fernando bateu, forte, da intermediária, e surpreendeu o goleiro flamenguistas Júlio César: 1 x 0, placar da etapa inicial.   

No segundo tempo, aos 22, Vampeta empatou, em jogada parecida, chute da intermediária: 1 x 1. Aos 34, Anderson atacou, pela esquerda, chutou, a zaga carioca tentou interceptar a bola, mas Mauro pegou o rebote e fechou a conta: Gama 2 x 1.

A vitória gamense tirou qualquer chance de o Flamengo lutar pelo titulo nacional, tendo o treinador Mário Jorge Lobo Zagallo deixado no ar que, a partir de então, seria melhor priorizar as disputas da Copa Mercosul.

Lourival Lima Dias Filho-BA apitou, o público foi de 19.789 e a renda de R$ …O Gama teve: Ronaldo: André Figueiredo, Jairo e Nen; Paulo Henrique, Deda, Lindomar, Luiz Fernando e Romualdo (Piá); Reinaldo (Mauro) e Anderson.

No dia seguinte, o caderno Torcida, do Jornal de Brasilia, fez a manchete: “Gama cala o Maraca”, com a foto de Luiz Fernando, o camisa 10 alviverde, abrindo os braços e saindo para o abraço.

O Fla, que time time forte, alinhou: Júlio César; Bruno Carvalho, Anderson Luís, André Bahia e Cássio; Jorginho Vampeta, Rocha (Andrezinho) e Petkovic; Edílson Capetinha e Roma (Jackson). Um Aoutra pancada viria por aí. Aguarde!


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade