Menu
Futebol ETC
Futebol ETC

Bar de Hulk, em João Pessoa, foi interditado por despejar esgoto na praia

Advogado do restaurante disse que a interdição é radical e que o estabelecimento de Hulk está sendo “vítima de pressão popular”

Marcondes Brito

15/05/2024 13h19

Reprodução

Como publicamos aqui no último domingo (12), o famoso Bar do Cuscuz, de propriedade do jogador Hulk, do Atlético-MG – um dos restaurantes mais frequentados pelos turistas que vão a João Pessoa – foi autuado e multado por despejar esgoto na praia do Cabo Branco.

Na manhã desta quarta-feira (15), por determinação da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), o restaurante de Hulk  foi interditado. O órgão de fiscalização, que havia dado prazo para a empresa autuada se manifestar, constatou que – ao invés de solucionar o problema – havia outras irregularidades que prejudicavam o meio ambiente.

“Essa fiscalização não encontrou nenhuma prova de que o esgoto esteja sendo influenciado. Quando vemos aqui, pode ser ocasionado por outros fatores. Foi identificado uma pequena irregularidade, mas que não seria capaz de causar tudo que está sendo divulgado na mídia em relação às águas pluviais. Não foi encontrado esgoto clandestino. O Bar do Cuscuz vai tomar conhecimento, combater juridicamente. Tudo isto está causando um prejuízo enorme para o bar. A medida de interdição é radical. Estamos sendo prejudicados por pressão popular. O Bar do Cuscuz não cometeu nenhum tipo de crime”, contestou o advogado do Bar do Cuscuz, em entrevista à TV Cabo Branco afiliada Globo na capital da Paraíba.

Acompanhe as atualizações da coluna “Futebol Etc” nas redes sociais, no Twitter e também no Instagram. Mande sugestões para a coluna pelo email [email protected]

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado