Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Secretos

Publicado

em

Um expert no assunto indica à Coluna que, com a presença do premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, na posse de Bolsonaro amanhã, pelo menos 20 agentes do serviço secreto israelense (Mossad) já circulam pela capital há mais de mês. A turma do considerado melhor serviço do mundo, especialistas em combate ao terrorismo, está afinada com a Polícia Federal, mas sem interfaces. Os israelenses levam tão a sério a segurança do chefe que andam a pé, de metrô, bicicleta e até ônibus por Brasília para mapear riscos e eventuais locais vulneráveis.

Incólumes

Eles evitam andar em duplas – embora em alguns casos seja inevitável – e se passam incólumes por cidadãos comuns ou turistas.

Bloqueador

Caminhões do Exército com bloqueadores de sinal de aparelhos de celular já estão estacionados em vários pontos da Esplanada dos Ministérios e proximidades. O objetivo da medida é impedir o eventual acionamento de explosivos durante o trajeto de Bolsonaro.

Posse

Camisetas com estampa de Jair Bolsonaro (PSL) e itens verde-amarelos tomaram o comércio, vias e feiras de Brasília às vésperas da posse do novo presidente. A “febre Bolsonaro” rendeu um bom extra aos comerciantes da Capital.

Sucessão
O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), garante a interlocutores que as críticas recebidas pelo Governo eleito por não ter ainda escolhido um candidato a presidente da Câmara cairão por terra após a posse.

Centrão
A decisão de Jair Bolsonaro de se manter neutro fez com que siglas do Centrão já fechassem apoio para a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ), visto pelo PSL como um nome não alinhado com o novo presidente da República.

No posto
Quem organiza a posse de Jair Bolsonaro, em substituição a Paulo Uchoa, é o diplomata Carlos Alberto França, que já trabalhou no cerimonial do Planalto, com Dilma Rousseff e Michel Temer.

Desligado

Uchoa foi desligado da equipe de transição por ter sido contra o gesto de desconvidar os presidentes de Cuba e da Venezuela para as cerimônias de amanhã.

Vigília

Candidato derrotado à Presidência, Fernando Haddad (PT-SP) enviou vídeo-convite aos militantes para a vigília de réveillon (Lula Livre) em frente à sede da PF em Curitiba. “É de extrema importância que o povo leve ‘o calor humano’ ao ex-presidente”, diz o petista.

Armas

Para o deputado Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC), autor do projeto que flexibiliza o Estatuto do Desarmamento, o anúncio de Jair Bolsonaro de que pretende garantir por meio de decreto a posse de armas de fogo “é o primeiro passo importante para mudarmos a legislação de uma vez por todas”.

Aquisição & porte

O Projeto de Lei n° 3.722/2012, de autoria de Peninha, que disciplina normas sobre aquisição, posse e porte de armas de fogo, está pronto para ser votado no plenário na Câmara Federal. Outros 96 projetos sobre o assunto tramitam na Casa “apensados” ao de Peninha.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade