fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Suplentes ansiosos

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Suplentes dos deputados investigados na Câmara Legislativa estão em polvorosa com a expectativa de assumirem cadeiras na Casa. E torcem para que a Justiça seja rápida nas condenações – se é que alguém será condenado –, já que falta pouco mais de um ano para as próximas eleições. A grande pergunta que se fazem é se dará tempo. Enquanto isso, os investigados correm não somente para não perder o mandato, mas também manter a elegibilidade.

Identificação obrigatória

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa aprovou projeto que obriga o fornecimento gratuito de pulseiras de identificação para crianças de até dez anos, nos eventos públicos com finalidade lucrativa, para mais de 200 pessoas. Apresentado pelo ex-deputado Roosevelt Vilela (PSB), a proposta prevê penalidades que vão de advertência a multa de até R$ 35 mil, no caso de descumprimento da norma. Agora, segue para votação em plenário.

Perfis

A atual presidente do Tribunal de Contas do DF, Anilceia Machado, tem postura bem diferente do antecessor, Renato Rainha. Mais reservada e protocolar, a conselheira não é tão afeita às câmeras.

Concurso

No evento para anúncio da nomeação de 723 profissionais para a Secretaria de Saúde, o secretário Humberto Fonseca citou que a pasta prepara um novo concurso para contratar pediatras, médicos intensivistas e neonatologistas. Também será realizada outra seleção destinada a selecionar profissionais de especialidades que não têm mais candidatos para serem chamados, como é o caso de anestesistas.

Pose para a foto

O ministro da Saúde Ricardo Barros se encontra com o governador Rodrigo Rollemberg, hoje, para acompanhar a vacinação de professores contra gripe, na Escola Classe 302 Norte. A ação faz parte da mobilização do Ministério da Saúde em parceria com o governo local para estimular que os profissionais das escolas públicas e particulares busquem a imunização.

Técnicos em nutrição esquecidos

O deputado Claudio Abrantes (Rede) cobrou do Governo do DF a nomeação dos técnicos em nutrição, depois de o Executivo anunciar a nomeação de mais de 700 profissionais da saúde, e se esquecer da categoria, que, conforme o parlamentar, cuida tanto da alimentação dos pacientes quanto das finanças do governo, já que acompanham, por exemplo, a quantidade de refeições entregues pelas empresas contratadas nos hospitais.

Cobrança

O ex-petista já fez requerimento de informação ao secretário de Saúde, Humberto Fonseca, cobrando as vacâncias e cronograma de nomeação dos 300 aprovados. O concurso foi homologado em dezembro de 2014 e, até agora, nenhum aprovado foi nomeado.

E o veneno?

Depois de cumprimentar o deputado Israel Batista (PV), que fez aniversário ontem, o distrital Wellington Luiz (PMDB) disse que a Liderança de Governo ofereceria um bolo aos colegas. E completou dizendo que seria o último a comer para ter certeza de que o doce não estivesse envenenado.

Apareceu a margarida

Surpresa na sessão plenária de ontem na Câmara Legislativa: a presença da deputada distrital Sandra Faraj (SD), investigada pelo Ministério Público por cobrar “dízimo” dos salários dos servidores comissionados nomeados por ela e, na Casa, por suposto uso indevido da verba indenizatória.


Leia também
Publicidade