Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Faltam mulheres nas prefeituras

Constatou que, dos 5.568 prefeitos brasileiros, apenas 658 são mulheres. Ou seja, elas conduzem apenas 11% dos municípios do País

Por Eduardo Brito 29/11/2023 11h36

Representante do Distrito Federal na 85ª Reunião Geral da Frente de Prefeitas e Prefeitos, a vice-governadora Celina Leão fez as suas contas ao se preparar para a reunião de abertura, em que falaria (foto) pela única cidade-estado do País.

Constatou que, dos 5.568 prefeitos brasileiros, apenas 658 são mulheres. Ou seja, elas conduzem apenas 11% dos municípios do País. Diante disso, Celina arranjou um mote para seu pronunciamento, a criação de mecanismos para levar as mulheres a se interessarem pelas administrações municipais, portas de entrada para cenário político nacional.

E ainda teve um detalhe: mais do que frente de prefeitos, a mesa diretora parecia uma frente de vices. Celina ficou todo o tempo ao lado do vice-presidente Geraldo Alckmin e do vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rego.

Para ampliar a rede de creches

A propósito, Celina Leão passou a usar as redes sociais para estimular a construção de creches. Ela faz questão de lembrar que a iniciativa vai muito além de oferecer oportunidades às crianças.

“É também proporcionar a nós, mulheres, e principalmente as mamães, o tempo e a liberdade necessários para desenvolverem autonomia por meio do trabalho, dando-lhes a chance de se libertarem de diversos ciclos, principalmente de violência doméstica”, argumenta Celina.






Você pode gostar