fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Bate-boca por emenda

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Wasny de Roure (PT) e Agaciel Maia (PR) discutiram feio sobre as emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem. Presidente da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças, Maia diz que, tecnicamente, era impossível destinar recursos para pagamentos de servidores, já que, entre outros motivos, reajustes são concedidos apenas por meio de projeto de lei “e o governo está impedido de aumentar gastos com pessoal pela Lei de Responsabilidade Fiscal”.

“Retrocesso”

O petista não se convenceu e chamou de “enorme retrocesso” a rejeição de oito emendas de autoria dele. Uma delas contemplava a recomposição salarial dos servidores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), com a destinação de recursos da Taxa de Limpeza Pública (TLP).

Fora da pauta

Resolveu tirar da pauta do Plenário o projeto que trata da Escola Sem Partido o até então líder do governo, deputado Rodrigo Delmasso (Podemos). A matéria, polêmica, prescinde de mais discussão, ele diz.

Vice-líder

Robério Negreiros (PSDB) quer que a Câmara Legislativa tenha uma figura de vice-líder de governo. E apresentou um projeto de resolução, que deve ser apreciado hoje pelos colegas. Rodrigo Delmasso (Podemos), que já se conformou em entregar a liderança do governo para Agaciel Maia (PR), disse que, caso o cargo existisse, ele poderia ocupá-lo. Será que o governador Rodrigo Rollemberg iria querer?

Distraído

“Ih, comi mosca”. A frase é de Wasny de Roure (PT), em momento de distração, durante votação no Plenário da Câmara Legislativa, ontem.

Se o médico liberar…

Se for liberado para usar uma bota imobilizadora hoje, o deputado distrital Reginaldo Veras (PDT) deve interromper a licença médica para participar do penúltimo dia de votação do semestre. Recentemente, ele foi submetido a uma cirurgia no tendão e, por este motivo, está em repouso. Mas deve ir à Casa defender a apreciação de um projeto de autoria dele, que trata de recursos para o Fundo de Cultura.

Rápido e rasteiro

Joe Valle (PDT), na presidência da Câmara Legislativa, tem se apressado na leitura das proposições em Plenário. Mal respira entre a frase “em votação pelo processo simbólico” e “aprovado”.

Prorrogação

Foi aprovado requerimento para prorrogar os trabalhos da CPI da Pedofilia até o fim desta legislatura. Presidente do colegiado, Rodrigo Delmasso justifica que ainda há “muitos casos” com investigações a serem concluídas. “Realizaremos também audiências públicas com o objetivo de propor melhorias no sistema de proteção à criança e ao adolescente”, afirma.

Malas prontas

O deputado federal Ronaldo Fonseca (DF) estaria prestes a deixar o Pros para viabilizar a candidatura dele ao Senado para o ano que vem. Foi convidado para se filiar ao Podemos, mas ainda não divulgou para onde deve ir.

Ainda é PTN

O Podemos, que na propaganda partidária ainda é PTN, será oficialmente lançado no próximo sábado, com a filiação dos senadores Álvaro Dias (PR) e Romário (RJ).

Fraga se diz firme para 2018

O deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) gravou vídeo, cujo cenário tem até uma garrafa de vinho, para se defender da divulgação de áudios em que estaria negociando propina na época em que era secretário de Transporte. “Eu não sei quem está por trás disso, só sei uma coisa: por WO, a disputa ao Buriti não vai acontecer. Pode ter certeza que eu não tenho medo desses assuntos na Justiça, porque eu sei qual foi o meu envolvimento neste episódio”, disse, ao citar que não teria envolvimento com as operações Caixa de Pandora e Lava-Jato, nem com as delações da Odebrechet e da JBS.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade