Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

O que está por trás do acordo oferecido pela J&F e recusado pela Paper Excellence

Por Leandro Mazzini 28/11/2023 10h01
Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (27), frustrou-se mais uma tentativa de colocar fim à disputa judicial pela Eldorado Celulose. O objetivo da proposta apresentada pelo empresário Joesley Batista, da J&F Investimentos, a Jackson Widjaja, controlador da Paper Excellence, era chegar a um acordo que permitisse agilizar a implantação de uma nova linha de produção da empresa situada em Três Lagoas (MS), com investimentos já anunciados de R$ 20 bilhões, e geração de 10 mil empregos. A Eldorado já tem pronto o projeto, que amplia a capacidade de 1,8 milhão para 4,5 milhões de toneladas por ano. A proposta do empresário Joesley Batista a Jackson Widjaja previa o desfazimento do contrato de venda firmado em 2017, com a devolução integral dos recursos pagos pela empresa indonésia e sem a cobrança de perdas e danos pelos prejuízos acumulados ao longo de cinco anos de litígio. Mas o indonésio disse não. Procuradas pela Coluna, as assessorias da Paper e J&F não responderam até o fechamento.

 

Calote bilionário

 

Charge por @izanio_charges

 

Cuba, Moçambique e Venezuela acumulam dívida de mais de R$ 1 bilhão com o BNDES. Os recursos foram liberados por meio do financiamento de obras no exterior suspensas nos governos de Jair Bolsonaro e Michel Temer. Alheio ao calote bilionário, o Governo Lula quer retomar a modalidade. Mas precisa do aval – aprovação de um projeto – no Congresso, onde enfrentará resistência.

 

Efraim à frente 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Autor do projeto (PL 334/2023), que estende por mais quatro anos a desoneração da folha de pagamento, o senador Efraim Filho (União-PB) está à frente da articulação no Congresso para derrubar o veto do presidente Lula da Silva (PT) ao texto. Tem se reunido constantemente com dirigentes de entidades e sindicatos. E pressiona o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para convocar sessão para analisar o veto.

 

Gonet x Gleisi

 

Indicado pelo presidente Lula da Silva para o comando da Procuradoria-Geral da República, o subprocurador Paulo Gustavo Gonet Branco foi o autor da denúncia, em 2016, contra a então senadora e hoje presidente do PT, Gleisi Hoffmann, na Lava Jato. Ela foi denunciada junto com o ex-ministro Paulo Bernardo. Dois anos depois, ambos foram inocentados. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Questão de Ordem

 

O Supremo Tribunal Federal acaba de invalidar leis que ditavam regras para promoções no Ministério Público e na Defensoria de sete estados. Para os ministros, as leis estaduais invadiram a competência da esfera federal para regular as carreiras. A Corte vem, cada vez mais, sendo obrigada a julgar esse tipo de processo, já que algumas assembleias estaduais teimam em tratar de assuntos que não lhes compete. 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rescisão

 

A rescisão do contrato de venda da refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), em Fortaleza, anunciada pela Petrobras, é resultado da luta da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos. É o que afirma o coordenador geral da FUP, Deyvid Bacelar: “Esse é um sinal do compromisso da nova alta administração da Petrobrás, de não seguir com as privatizações”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Você pode gostar