Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Sociedade dedicada a pesquisas sobre trombose e hemostasia convoca apoio para continuar trabalhos

“Necessitamos de apoio para que possamos dar continuidade em nossas atividades em todas as esferas”, informa a SBTH

Por Analice Nicolau 05/07/2022 3h00
“Necessitamos de apoio para que possamos dar continuidade em nossas atividades em todas as esferas”, informa a SBTH

A Sociedade Brasileira de Trombose e Hemostasia (SBTH) é uma entidade médica sem fins lucrativos que tem como objetivo principal investir em educação continuada e propagar conhecimento para a redução de tromboembolismos e suas consequências.

“Trabalhamos para o fomento de políticas governamentais, educacionais e assistenciais, e através da promoção de pesquisas médicas relacionadas à trombose e doenças hemorrágicas, congênitas ou adquiridas”, declara a instituição.

A sociedade está preparando um registro nacional de trombose em território nacional, já que todos os dados publicados são de origem europeia e americana

A SBTH foi criada em 10 de outubro de 2018, recebeu sua certificação pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em 20 de fevereiro de 2019 e foi reconhecida pela Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia (International Society on Thrombosis and Haemostasis – ISTH) em março de 2019, sendo a primeira entidade médica brasileira a ser reconhecida por esta importante sociedade internacional.

“A sua criação preencheu uma lacuna importante na medicina em nosso país e, para tal, necessitamos de apoio para que possamos dar continuidade em nossas atividades em todas as esferas”, informa a SBTH.

A sociedade está preparando um registro nacional de trombose em território nacional, já que todos os dados publicados são de origem europeia e americana.

“A sua criação preencheu uma lacuna importante na medicina em nosso país e, para tal, necessitamos de apoio para que possamos dar continuidade em nossas atividades em todas as esferas”, informa a SBTH (Foto: CEO Andrea Biar e Dra. Ariane Macedo – Instagram SBTH)

“É de conhecimento a importância da trombose na qualidade de vida e morbimortalidade associada ao evento e não temos dados de pacientes acometidos pela enfermidade e, com o registro, teremos instrumentos necessários para podermos dar assistência mais adequada aos mais necessitados”, diz a entidade.

Durante a pandemia de COVID-19, a trombose e a hemorragia foram importantes fatores de morbimortalidade e a SBTH teve um papel fundamental na orientação, no atendimento e em pesquisas, com publicações em vários anuários de forte impacto científico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Assim, esperamos contar com a sua ajuda para esta importante causa e poderemos almejar todos os nossos objetivos”, finaliza a SBTH.








Você pode gostar