Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Isolamento é tema de obras de Rafael Sanches expostas em Brasília-DF

Ao todo, são 40 pinturas e obras tridimensionais emocionantes no Mezanino de Torre de TV

Por Analice Nicolau 07/03/2022 2h00
Ao todo, são 40 pinturas e obras tridimensionais emocionantes no Mezanino de Torre de TV

A partir do próximo sábado, dia 12 de março, o Mezanino de Torre de TV vai receber uma exposição especial com 40 obras do artista paulista Rafael Sanches. Com o tema “Quem acredita em desenhos fixos?”, a mostra vai fazer o público refletir sobre o isolamento e a solidão que a sociedade está vivendo nos últimos anos.


Com a pandemia de Covid-19, o isolamento social impactou a vida de todas as pessoas de forma pesada e intensa. Para desabafar todo esse sentimento de solidão, Rafael fez obras de causar muita emoção. Elas estarão em exposição na mostra, que tem “Quem acredita em desenhos fixos?” como tema. Muitas das obras selecionadas são pinturas abstratas sobre papel e esculturas, reunidas de acordo com a similaridade das cores.


“A mostra expõe a transição do artista de obras bidimensionais para esculturas e trabalhos que exploram a tridimensionalidade, indo além da ideia tradicional de um desenho preso ao papel”, descreve a curadora da mostra, Joana D’Arc Lima. Em quadros, camadas recortadas e sobrepostas formam relevos, ao passo em que formas orgânicas sugerem a ideia de paisagens. De maneira geral, a cartela inclui de três a quatro cores, as quais contrastam entre si.
A galeria do Mezanino, localizada no primeiro andar da Torre de TV, vai receber a mostra até o início de abril.

A exposição, assinada pela Nós Galeria de São Paulo-SP, é apresentada pelo Banco de Brasília (BRB), juntamente com a Corretora Seguros BRB e Financeira BRB. O público que passar pelo local vai poder contemplar 40 trabalhos de Rafael Sanches, com curadoria de Joana D’Arc Lima.

Serviço:
Mostra “Quem acredita em desenhos fixos?”
Onde: Mezanino da Torre de TV (Eixo Monumental, Brasília)
Quando: 12 de março até o início de abril
Horário de funcionamento da galeria: terça a quarta-feira, 11h às 18h, quinta a sábado, 11h às 20h
Entrada: R$ 10,00 (taxa de manutenção)
Para mais informações: @meza.nino








Você pode gostar